Jornal Extra Classe - Jornalismo além da superfície
Nº 015| Ano 2 | Set 1997
OPINIÃO
OPINIÃO

O ensino da Matemática do ponto de vista metodológico, filosófico e social

Olmir João Fonini

A preocupação do ensino da Matemática é um assunto que merece atenção de todos nós. A didática da Matemática tem a preocupação em transmitir os conteúdos básicos de uma maneira eficiente e atualizada, fazendo com que o aluno desenvolva o pensamento lógico para a resolução de problemas.

Quando queremos fazer o aluno pensar é importante que se apresente uma situação, e a parte desta, levantar hipóteses, as quais, vão fazer com que o aluno elabore suas possíveis saídas (conhecimento), que devem ser desenvolvidos, fazendo dele um ser pensante e inteligente; daí o significado lógico da Matemática. Um aspecto que merece atenção é a formação de conceitos, os quais são elaborados a partir de experiências vivenciadas. Quando o aluno elabora suas hipóteses ele começa a compreender o sentido da Matemática como tal. Como sabemos que ninguém transmite conhecimento diretamente ao outro, é importante que se pense no construtivismo que não é só ação, mas reação para se chegar ao conhecimento científico e filosófico.

Compreender é isolar a razão das coisas, por isso, quando um aluno aprende ele organiza suas idéias segundo seu ponto de vista, gerando respostas que não foram ensinadas pelos professores, com isso o ser humano torna-se agente do conhecimento científico que é fruto da aprendizagem. Sempre que há mudança de comportamento há aprendizagem.

Analisando o ensino na atualidade, quais as perspectivas para o homem no ano 2000? Como pode ser vista a questão da Globalização no ensino?

Dentro da teoria do conhecimento pressupõe-se que o ser humano é um sujeito ativo, que organiza os fatos de modo racional, para isso precisa pensar. Do ponto de vista filosófico uma proposta metodológica faz com que as pessoas construam seus conhecimentos a partir dos conceitos, na interação com a realidade. Há filósofos e matemáticos que afirmam que ninguém ensina ninguém, uma vez que é o próprio aluno que constrói seu conhecimento. Questionar os porquês da Matemática tem importância filosófica? Do ponto de vista educacional os currículos atendem o desenvolvimento do raciocínio lógico-matemático?

Os objetivos do ensino da Matemática no 1? grau devem atender às exigência básicas para o desenvolvimento do indivíduo, visto que, as múltiplas inteligências devem ser exercitadas no aluno. O que não se pode esquecer é que o conhecimento é um instrumento de dominação do ser humano conforme o nível social. A questão social é fator importante na aprendizagem e merece uma atenção especial, a qual deve ser observada com mais seriedade. Enquanto os órgãos competentes se preocupam com a globalização da economia, tecnologia de ponta e multimídia em diversas áreas de abrangência, as pessoas de classe social menos favorecidas sofrem o impacto de uma política neoliberal, que marginaliza cada vez mais. Que perspectiva se apresenta para este tipo de sociedade?

Será que esta classe social não se manifestará de uma outra forma? Onde estão seus direitos como cidadãos? De que maneira a escola pode contribuir para a construção da cidadania?

Paulo Freire em um de seus livros dizia “se eu não escutar o outro, não posso falar com ele ou jamais falarei com ele.” Ser professor é ser mediador na construção do conhecimento, por isso, é preciso ouvir e falar menos, procurando dar importância aos porquês das coisas.

O conhecimento não é um produto pronto que podemos simplesmente repassá-lo.

É necessário que ele seja constituído pelo sujeito cognascente, no caso o aluno.

Referindo-se especificamente à Matemática, ela deixará de ser vista com preconceito quando criarmos consciência que ela é um processo de construção, de elaboração, e que para isso necessita do raciocínio lógico, do pensar criativo e crítico, no levantamento de hipóteses.

* Olmir João Fonini é professor na Escola Menino Jesus. Porto Alegre

Marcado .Adicionar aos favoritos o permalink.
© Copyright 2014, Jornal Extra Classe - Todos os direitos reservados.

Os comentários estão encerrados.


CONTEÚDOS RELACIONADOS