Jornal Extra Classe - Jornalismo além da superfície
Nº 016 | Ano 2 | Out 1997
MOVIMENTO

Notas

A pobreza impera
Perto de 1,3 bilhão de pessoas vive com menos de um dólar por dia, segundo estudo do Programa das Nações Unidas (PNUD), divulgado no dia 16 de outubro em Genebra, por ocasião do Dia Internacional para a Erradicação da Pobreza. De acordo com o estudo, o número de pobres cresce cerca de 25 milhões por ano. Praticamente um quarto da população mundial vive na pobreza: isto é, em 50 anos o número de pobres triplicou enquanto o de ricos dobrou. A agência da ONU indica que 840 milhões de pessoas, entre elas, 160 milhões de crianças, estão subnutridas.

E a riqueza cresce
O estudo da PNUD mostrou também que, em meio século, as riquezas mundiais se multiplicaram por sete, e mais de 75% da população tem agora acesso aos serviços essenciais. As riquezas mundiais chegam a US$ 30 trilhões e não param de aumentar.

Ajuda custa pouco
Segundo James Speth, do PNUD, custaria US$ 80 bilhões para conseguir que as famílias mais desfavorecidas superassem o nível inferior da pobreza. “Esta quantia não chega a 0,5% da renda mundial anual, o que faz da eliminação da pobreza uma proposta financeiramente razoável”. O acesso à água potável, à saúde, à educação e ao planejamento familiar teria um custo anual de US$ 40 bilhões.

Natal sem fome
O Comitê Porto Alegre contra a Fome, a Miséria e pela Vida já está recebendo doações para a campanha Natal Sem Fome. Em sua quarta edição, a campanha pretende arrecadar alimentos e brinquedos para as famílias carentes da capital e da Região Metropolitana. No ano passado, o comitê obteve 30 toneladas de alimentos. As doações podem ser feitas até 20 de dezembro no Sesi, no Unicef, no comitê (Avenida Júlio de Castilhos, 516) ou nas agências do banco do Brasil.

Trabalho continua
Daniel, filho do sociólogo Herbert de Souza, o Betinho, assumiu a presidência do Comitê de Formulação de Propostas Contra a Aids, que tem como objetivo propor ações específicas contra a disseminação da doença entre a população de baixa renda. Daniel diz que não deixará de se aproveitar do fato de ser filho do sociólogo e militante da Ação da Cidadania contra a Miséria e pela Vida para difundir as idéias de Betinho e estimular a participação das pessoas.

Telefone novo
A partir de 1º de novembro, a Fundação de Proteção Ambiental (Fepam), em Porto Alegre, estará com nova sede e novos números de telefones. O órgão ambiental passará a funcionar na Rua Carlos Chagas, 55 (antigo prédio da Secretaria de Educação e Cultura), do 5º ao 8º andar. Os números novos de telefone são: Gerais: (051) 225-1588, 225-1039, 225-1389, 225-1475, 225-1680 e 225-1737. Presidência: 225-4012. Diretoria técnica: 225-2426. Diretoria administrativa: 225-3004. Serviços de compras: 225-3120. Assessoria de imprensa: 225-4215.

Marcado .Adicionar aos favoritos o permalink.
© Copyright 2014, Jornal Extra Classe - Todos os direitos reservados.

Os comentários estão encerrados.


CONTEÚDOS RELACIONADOS