Jornal Extra Classe - Jornalismo além da superfície
Nº 018 | Ano 2 | Mar 1998
ENSINO PRIVADO
ENSINO PRIVADO

Saiba o que é

Dentro do objetivo de se tornar a entidade sindical auto-sustentável, passando a viver mais das mensalidades de seus sócios, há três anos o Sinpro/RS vem reduzindo gradualmente os índices de sua Contribuição Assistencial. Em 95, a taxa era de 8%. Este ano, ficará em 5,5%. Paralelo a isso, o sindicato vem buscando diferentes formas de manutenção de receita. A principal estratégia desenvolvida é a de ampliação do quadro social. Multiplicando-se os sócios, a cobrança da Contribuição Assistencial poderá diminuir ainda mais ou até mesmo ser extinta. Para se ter uma idéia mais exata e transparente da receita do Sinpro/RS e dos compromissos de seus associados, Extra Classe publica quais são as principais e distintas fontes de arrecadação da entidade.

IMPOSTO SINDICAL
É uma contribuição obrigatória, instituída por lei federal que desconta um dia de salário no mês de março de todos os trabalhadores com carteira assinada. Desse imposto, 60% é repassado aos sindicatos, 15% seguem para as federações sindicais, 5% ficam com as confederações e o restante é destinado ao Ministério do Trabalho. O Sinpro/RS, desde 1993, por não concordar com este tipo de imposto, devolve a seus associados a parcela que lhe toca. Este ano, a entidade está abrindo mão de cerca de R$ 200 mil.

CONTRIBUIÇÃO ASSISTENCIAL
As assembléias dos trabalhadores definem as formas de sustentação das suas entidades sindicais. A Contribuição Assistencial, ou de Dissídio, é comum no movimento sindical. Tanto as entidades representativas patronais e de trabalhadores descontam um percentual de sua base sindical, independente de associação.

MENSALIDADE
A associação do trabalhador ao sindicato é um ato voluntário e pressupõe o pagamento de uma mensalidade à entidade. É diferente da Contribuição Assistencial e do Imposto Sindical, ambos compulsórios. O professor sindicalizado pode usufruir de vários benefícios, conquistados e oferecidos pelo seu sindicato. Além das facilidades para fazer parte do planos de saúde, Unimed, e odontológico, Uniodonto — ambos com direito à dependentes —, e dos inúmeros descontos e condições de pagamento em empresas comerciais de várias e abrangentes áreas, o professor terá mais fácil acesso a opções culturais significativas, sempre amplamente divulgadas pela imprensa. Para lembrar apenas de 1997, o Sinpro/RS fez a pré-estréia nacional de três filmes brasileiros: O que é isso, companheiro?, de Bruno Barreto, indicado ao Oscar de melhor filme estrangeiro; Canudos e Lua de Outubro. Todos com entrada franca para seus associados.

Marcado .Adicionar aos favoritos o permalink.
© Copyright 2014, Jornal Extra Classe - Todos os direitos reservados.

Os comentários estão encerrados.


CONTEÚDOS RELACIONADOS