Jornal Extra Classe - Jornalismo além da superfície
Nº 021 | Ano 3 |Mai 1998
CULTURA
CULTURA

Notas

Geraldo Azevedo
Em mês de tanta comemoração, o Sinpro/RS incrementou ainda mais os presentes aos seus associados da capital gaúcha. No dia 28 de maio, o cantor e compositor pernambucano Geraldo Azevedo se apresentou no Teatro da Ospa, e sócios do Sinpro/RS tiveram desconto de 25% nos ingressos. Geraldo faz uma mistura entre as harmonias sofisticadas da Bossa-Nova e os ritmos vivos da música negra. Autodidata, aos doze anos tocava violão. Em 1963, quando se mudou para Recife, juntou-se ao Grupo Construção, onde conheceu Teca Calazans e Naná Vasconcelos. Em 1967, Eliana Pittman o levou como músico acompanhante ao Rio de Janeiro, onde se tornou conhecido. Em seguida, com Naná Vasconcelos, Nelson Angelo e Franklin, formou o Quarteto Livre, grupo que acompanhou Geraldo Vandré até o momento em que o autor de Caminhando foi para o exílio. O primeiro contrato com gravadora, foi em 1972, com a Copacabana, depois de ter participado do Festival Internacional da Canção do Rio de Janeiro, junto a Jackson do Pandeiro. Geraldo gravou dezoito discos pela Som Livre, CBS, Ariola, Kuarup, Barclay, Geração, Polygran e RCA. O mais recente, em 96, Futuramérica. No exterior, gravou o Berekekê. Na França pela Buda Record, e nos Estados Unidos pela Hot Record.

Instituto de Artes
Exposição comemorativa aos 90 anos do Instituto de Artes da UFRGS, nas salas Ado Malagoli e Pedro Weingärtner do Margs, até dia 21 de junho. O módulo I, Mestres, reúne obras de professores marcantes na trajetória da instituição: Fernando Corona, Ângelo Guido, Alice Soares, Benito Castañeda, entre outros. No módulo II, Premiados do Instituto de Artes, artistas premiados nos polêmicos salões realizados pela escola entre os anos 30 e 70, como Xico Stockinger, Carlos Pasquetti, Ianelli, etc. Visitas de terças a domingos, das 10 às 17 horas, na Praça da Alfândega, s/n?.

Privatização italiana
Uma lei aprovada recentemente na Itália viabiliza a privatização de monumentos. Ainda em 98, alguns imóveis romanos do Estado serão colocados em fundos imobiliários especiais, e parte de suas ações será vendida ao setor privado. Parece que nem todas as atrações históricas faturam como o Coliseu, que rende cerca de US$ 1 milhão por mês.

Scliar no cinema
Um sonho no Caroço do Abacate, do escritor gaúcho Moacyr Scliar, está pulando do papel para as telas do cinema. O longa-metragem, que traz o romance entre uma negra e um judeu, tem direção de Lucas Amberg e o elenco conta com Talia Shire, irmã do cineasta Francis Ford Coppola. O filme deve ser finalizado em julho.

James Liberato
O guitarrista, compositor e arranjador James Liberato lança em junho o CD Sons do Brasil e do Mundo. Em dois espetáculos, dias 17 e 18 de junho, às 21 horas, no Teatro Renascença, o músico apresenta o resultado do seu segundo disco independente, uma mescla de frevo, baião, choro e Bossa Nova com jazz, pop e rock. Com Michel Dorfmann (teclados), Ronie Martinez (bateria), Everson Vargas (baixo), Luizinho Santos (sax e flauta) e Fernando do Ó (percussão).

No Gasômetro
O grupo de teatro Falos & Stercus está com O Clã Destino, uma comédia familiar, no terraço da Usina de Gasômetro. Sessões nas sextas e sábados, às 22 horas; e domingos e segundas, às 20 horas. Ingressos antecipados na Big Wall (24 de outubro, 1316) e na Usina do Gasômetro. Em caso de chuva não há apresentação.

Verso & Reverso
Já está circulando o nº 24 da revista do Centro de Ciências da Comunicação da Unisinos, a Verso & Reverso, editada pelo professor Sérgio Endler. A revista comemora 10 anos com uma edição especial, com artigos de pesquisadores em Comunicação.

À margem da vida
À margem da vida, de Tennessee Williams, está em cartaz até 12 de julho, no Teatro Carlos de Carvalho, na Casa de Cultura Mário Quintana. A direção é de Camilo de Lélis e no elenco Ísis Medeiros, Marcus Vinícios, Christiane Lopes e Evandro Soldatelli. Sessões às sextas e sábados, às 21 horas, e aos domingos às 19h30min.

Expressão artística
O Centro de Desenvolvimento da Expressão oferece várias opções de cursos, como desenho, pintura, cerâmica, xilogravura, estamparia e tapeçaria. Mais informações pelo fone (051) 233.5032, ou na sede do CDE, na Av. Ipiranga, 389.

Adicionar aos favoritos o permalink.
© Copyright 2014, Jornal Extra Classe - Todos os direitos reservados.

Os comentários estão encerrados.