Jornal Extra Classe - Jornalismo além da superfície
Nº 022 | Ano 3| Jun 1998
ENSINO PRIVADO
ENSINO PRIVADO

Novos serviços no site do Sinpro/RS

Perto de completar um ano na rede mundial de computadores, o Sindicato já contabiliza uma média de 1.200 visitas mensais. A maioria dos acessos ao Sinpro/RS On line partem de internautas gaúchos, mas o site também conta com acessos de todo o Brasil e de países como Estados Unidos e Portugal.

O serviço do Sinpro na Internet está com novidades. A partir de agora o internauta que visitar a entidade na Web encontrará uma seção que reúne 191 jornais internacionais e 43 nacionais. É mais uma facilidade que o Sindicato cria para deixar seu associado e visitante bem informado. Também já está no ar, em fase de testes a Sala dos Professores, um espaço virtual para chat (bate-papo) onde os usuários podem interagir entre si por meio de mensagens. A Sala dos Professores está 24h disponível aos Internautas e, em breve, os professores vão ter acesso a uma agenda, onde poderão saber com antecedência que assuntos serão debatidos no chat ou tratar de assuntos específicos com convidados.

Nos próximos dias, o Web Site da entidade contará também com um serviço de busca, que possibilitará ao usuário, através de palavras-chave (salário, por exemplo), recorrer todas as páginas no site que tratem desse tema, otimizando o tempo de procura e facilitando a pesquisa.

Outros serviços estão em fase de estudo. Atualmente a entidade está planejando um banco de empregos para os professores de escolas particulares gaúchas. Segundo o planejamento traçado pela direção, o serviço permitirá aos professores procurar vagas existentes nas escolas assim como oferecer seus serviços.

SUCESSO – No ar desde agosto de 1997, o serviço on-line do Sinpro/RS está disponível a partir do endereço www.sinpro-rs.org.br. No início, ele alcançava tímidos 300 acessos por mês. Agora, prestes a completar um ano em atividade, o serviço comemora a média de 1.200 acessos mensais. Também em relação ao ano passado, o tempo médio de acesso de cada visitante aumentou de dois para sete minutos. Nesse período, apesar da maioria dos visitantes serem gaúchos, o site contou com acessos de todo o Brasil e de países como Estados Unidos, Portugal, Alemanha, Israel, México, Japão, Espanha, Canadá, Itália e Finlândia.

O sucesso do serviço não é uma surpresa. O projeto de utilização da Internet pelo Sinpro foi estrategicamente estudado e os resultados estavam previstos. Para quem quer saber como também obter sucesso na Internet, a entidade mostra o caminho das pedras: informações consistentes, atualização constante e muito suor e criatividade.

Marcado .Adicionar aos favoritos o permalink.
© Copyright 2014, Jornal Extra Classe - Todos os direitos reservados.

Os comentários estão encerrados.


CONTEÚDOS RELACIONADOS