Jornal Extra Classe - Jornalismo além da superfície
Nº 022 | Ano 3| Jun 1998
ENSINO PRIVADO
SINDICATO

Troféu para o Prêmio Educação

Luiz Carlos Barbosa

O escultor Gustavo Nakle, conhecido e reconhecido pelas suas figuras zoomórficas, resolveu com naturalidade o pedido para que transformasse uma idéia em objeto. Este uruguaio de 46 anos, há 25 radicado no Brasil, com uma longa experiência artística e publicitária – trabalhou em várias agências, entre as quais a Expressão, da Varig – é o criador do troféu com o qual o Sinpro/RS, em parceria com a comunidade educacional, distinguirá cinco instituições e pessoas com o Prêmio Educação RS/1998.

Valendo-se do vocabulário que domina com maestria, que inclui movimento e simbiose de seres diferentes, combinou no troféu do Prêmio Educação a coisa e o ser num bronze de 25 centímetros, em que a pena adquire a forma da figura humana em expansão. “Desenvolvi a idéia da educação como veículo de libertação”, revela Nakle, sobre a concepção do trabalho em que se pode supor que a figura humana brota da pena ou se constitui a partir dela, sugerindo que a educação é a essência na gênese daquilo que é humano.

Não é a sua primeira incursão neste gênero de trabalho. O artista que ocupou 300 metros quadrados na Bienal Internacional de São Paulo de 1987 criou dois outros troféus, o do extinto Prêmio Habitasul de Literatura e o Mérito Lojista, do Clube de Diretores Lojistas de Porto Alegre, este há 18 anos.

Com a obra de Gustavo Nakle, a direção do Sinpro/RS consolidará a primeira edição do prêmio, lançado na programação comemorativa aos 60 anos do Sindicato e que abrange todo o Rio Grande do Sul. “Queremos assinalar o reconhecimento público de pessoas e instituições que trabalham pela valorização da educação em nosso Estado”, ressalta o professor Celso Stefanoski, coordenador da Secretaria de Educação do Sinpro/RS.

A entrega do troféu e do certificado será na véspera do Dia do Professor, 14 de outubro, e a indicação dos agraciados está sendo encaminhada por uma comissão de cerca de 80 representantes de entidades e instituições ligadas à educação no Rio Grande do Sul.

A cada ano o Sinpro/RS promoverá uma edição do Prêmio Educação RS e, segundo Stefanoski, é mais uma iniciativa do Sinpro/RS, Sindicato Cidadão, que se preocupa em estender para a sociedade o trabalho que vem desenvolvendo junto à categoria. “Como esse é o ano de estréia do Prêmio Educação, funcionará como uma espécie de ensaio, sendo modificado e aperfeiçoado nas próximas edições”, antecipa.

Para Gustavo Nakle, que pretende realizar uma série de esculturas abordando a questão dos deserdados do planeta a partir da realidade dos trabalhadores rurais sem terra, a criação do troféu articula-se com a sua concepção artística. “Encaro a arte enquanto vínculo com a vida”, afirma, admitindo uma filiação de inspiração expressionista e refutando a tendência auto-referente que domina a produção e o sistema artístico. Parceiro de Otto Guerra no desenho animado “A história do cavaleiro Jorge antes de virar São”, Nakle compatibiliza ainda outros projetos como o “Arte na Rua”, que transforma os postes de iluminação pública em suporte para a exposição pública de obras, e outro ainda mais ousado que funde escultura, teatro, música, TV e literatura.

Marcado .Adicionar aos favoritos o permalink.
© Copyright 2014, Jornal Extra Classe - Todos os direitos reservados.

Os comentários estão encerrados.


CONTEÚDOS RELACIONADOS