Jornal Extra Classe - Jornalismo além da superfície
Nº 035| Ano 4| Set 1999
EXTRAPAUTA

Extra Pauta

Homenagem

A Associação dos Professores Aposentados do Ensino Particular do Rio Grande do Sul (Apaepers) homenageou os professores aposentados do Senai com um coquetel no dia 18 de agosto. O presidente da Apaepers, Bartolo Perez, lembrou que os colegas do Senai prestaram um grande serviço ao país ao formar profissionais e técnicos em todo o território nacional. O encontro aconteceu na sede do Sinpro/RS, em Porto Alegre. No próximo dia 15, os professores aposentados discutem a importância do idoso na sociedade de hoje. Às 15h, também na sede do Sinpro em Porto Alegre.

Disse-me-disse

Enquanto o presidente FH insiste em maquiar velhas propostas de conquistas sociais, menos de um ano depois da posse do segundo mandato, dois dos ministros mais influentes do governo brigam publicamente. O motivo foi a paternidade de algum projeto de desenvolvimento? Nada disso. Era justamente o contrário. Pedro Malan, o pefelista da Fazenda, tentou escapar da responsabilidade pela recessão que assola o país e disse que não patrocinará uma ‘bolha de crescimento’ que possa trazer de volta o fantasma da inflação. Do outro lado, o tucano do Desenvolvimento, Clóvis Carvalho, cobrou medidas mais enérgicas de crescimento alegando que elas não trarão o caos. Emissário de FH, Carvalho expôs claramente a existência de duas correntes econômicas no governo. Caiu. A pefelista por enquanto tem a confiança do presidente, mas a bolsa de apostas já começou a falar em datas para a saída de Malan: ele não resiste à virada de ano.

A Marcha dos Com

Mesmo com a divergência em torno do número de participantes, uma coisa não se discutiu durante a Marcha dos Cem Mil, em Brasília: o contingente de policiais nunca foi tão grande para uma manifestação popular. Foi a verdadeira marcha dos com policiais. Foram 5.500 PMs, mil policiais civis, 400 bombeiros e 500 agentes da Polícia Federal. No total, 7,4 mil agentes de segurança. Que, aliås, passaram o dia sem fazer nada. Houve apenas uma prisão em mais de seis horas de manifestação: de um estudante que bebeu demais…

Baile

A Escola José Cesar de Mesquita realiza seu primeiro Baile Farroupilha. Será no CTG Coxilha Aberta (Silvestre Félix Rodrigeus, 1285, em Porto Alegre), no dia 25 de setembro, às 20h30min. Informações pelo fone 340-0668.

Consind escolhe delegados

No último dia 28 de agosto o Conselho Sindical da Fetee-Sul (Consind) reuniu 47 delegados de diversos sindicatos do Rio Grande do Sul. O local do evento foi o Hotel Umbú, em Porto Alegre, onde foram promovidos painéis seguidos de debates sobre temas de interesse sindical. Também foram realizadas eleições para o Consind da Contee, que se realizará nos dias 17, 18 e 19 de setembro em Itapema (SC). Foram eleitos delegados José Roberto Torres Machado, Cecília Bujes e Deoclécio José Bueno.

Frases

“Não contem comigo. Arranjem outro para isso”.
Pedro Malan, ministro da Fazenda, sobre as pressões pela adoção de políticas de desenvolvimento em curto prazo

“Dá pra arriscar mais. O excesso de cautela a esta altura pode ser outro nome para a covardia”.
Clóvis Carvalho, ministro do Desenvolvimento, em seminário sobre desenvolvimento promovido pelo PSDB

A história do Reitor atrapalhado…

Um incidente digno de nota ocorreu em Bagé, logo após o episódio da ocupação da Fazenda Capivara, no município de Hulha Negra. No último dia 23 de agosto, o professor da rede estadual de ensino e vereador Luis Eduardo Colombo dos Santos (Dudu) recebeu uma ameaça de morte via e-mail. O texto fazia referência ao apoio do vereador petista ao MST e insinuava que este teria participado de um churrasco, no distrito de Aceguá, com carne de bois que teriam sido roubados da Fazenda Capivara. Qual não foi a surpresa do vereador ao verificar o endereço eletrônico do remetente? Pertencia a ninguém menos que o reitor da Urcamp, Morvan Meirelles Ferrugem.

…e seu neto travesso

Ao verificar os fatos, o Magnífico Reitor admitiu que a mensagem realmente havia sido envidada de seu terminal de computador e justificou-se, por meio de uma carta assinada, dizendo ter sido seu neto de 13 anos o autor da missiva. Ou seja, tudo não passava de uma travessura. Mesmo assim, o vereador registrou queixa junto à Polícia Civil de Bagé. Apesar das explicações de Morvan Ferrugem, Luis Eduardo suspeita que possa ter havido a participação de adultos na ação como uma tentativa de intimida-lo, já que o pai do garoto é proprietário de terras na região de Aceguá e possivelmente ligado à UDR. Para o escrivão que anotou a ocorrência, Geraldino Santana, aparentemente parece uma brincadeira entre o rapaz e a enteada do vereador, que segundo ele seriam colegas de colégio. Apesar disso, o reitor será chamado a depor e deverá ser feito um Auto Infracional contra o menor, que poderá resultar em uma advertência aos pais.

Marcado .Adicionar aos favoritos o permalink.
© Copyright 2014, Jornal Extra Classe - Todos os direitos reservados.

Os comentários estão encerrados.


CONTEÚDOS RELACIONADOS