Jornal Extra Classe - Jornalismo além da superfície
Nº 040 | Ano 5 | Abri 2000
EXTRAPAUTA
EXTRA PAUTA

Mais bingos

Flávio Ilha

Deve-se acrescentar à falcatrua dos bingos, devidamente descrita na edição passada do Extra Classe, a forma como as casas vendem as cartelas a seus clientes. Denúncias de jogadores anônimos, que já perderam muito dinheiro, indicam que a maioria das cartelas jamais será contemplada, mesmo que todas as bolas sejam sorteadas. A série de dezenas simplesmente não existe na máquina que sorteia os números. Uma dezena sorteada numa rodada só volta para a máquina depois de contemplada uma cartela. O esquema funciona assim: uma pessoa apenas distribui as cartelas nas mesas, onde são escolhidas as pessoas que estarão concorrendo. De 500 cartelas, apenas 25 estão no jogo. Os prêmios altos, além disso, são distribuídos a jogadores ligados às casas de apostas que enriquecem ganhando seus próprios prêmios. A Polícia não fiscaliza as máquinas de sortear dezenas.

Marcado .Adicionar aos favoritos o permalink.
© Copyright 2014, Jornal Extra Classe - Todos os direitos reservados.

Os comentários estão encerrados.


CONTEÚDOS RELACIONADOS