Jornal Extra Classe - Jornalismo além da superfície
Nº 046 | Ano 5 | Out 2000
EXTRAPAUTA

O vale-tudo pré-eleitoral

A proximidade das eleições municipais acirrou disputas entre candidatos a prefeituras e vereanças. Às habituais apelações de fim de campanha acompanhadas de “baixarias” nunca incomuns nessas situações foram adicionados apoios nas esferas estaduais e federal como esperança de uma pouco provável reviravolta às vésperas da eleição. Entre esses providenciais apoios, destaque-se uma indisfarçada atuação do próprio governo federal em busca de votos para os candidatos com os quais simpatiza ou os quais simpatizam com a administração FHC. Coincidentemente próximo às eleições, o governo central largou pelo menos duas “bombas” demagógicas.

A primeira delas foi o anúncio da reposição do FGTS que foi “surrupiado” dos contribuintes nos governos Sarney e Collor. Apesar do anúncio de FHC, ou até mesmo por causa dele, o Sinpro decidiu ajuizar uma ação coletiva (veja mais detalhes nesta edição na página 15). Na sexta-feira, dia 29, ante-véspera das eleições, nova manobra do governo federal com intenções obviamente eleitoreiras com o anúncio da liquidação de contratos dos mutuários do sistema habitacional com débitos anteriores a 1987. O benefício caça-votos veio via mais uma famigerada Medida Provisória, espécie de Ato Institucional e pau para toda obra criado pelo governo de FHC.

Marcado .Adicionar aos favoritos o permalink.
© Copyright 2014, Jornal Extra Classe - Todos os direitos reservados.

Os comentários estão encerrados.


CONTEÚDOS RELACIONADOS