Jornal Extra Classe - Jornalismo além da superfície
Nº 052 | Ano 6 | Jun 2001
ENSINO PRIVADO

Assembléia abrirá processo eleitoral no Sinpro/RS

No próximo dia 9 de junho, os professores da rede privada de ensino darão início, em assembléia geral, ao processo eleitoral para a sucessão da diretoria do Sindicato dos Professores do Ensino Privado do Rio Grande do Sul (Sinpro/RS), período 2001 a 2004. O encontro será às 14 horas, no Instituto de Educação Flores da Cunha – Avenida Osvaldo Aranha, 527 – Porto Alegre. A comissão eleitoral que coordenará o processo será definida na Assembléia.

A diretoria do Sindicato encaminhará à Assembléia proposta para que as eleições ocorram de 3 a 5 de setembro. Neste caso, o prazo para inscrição das chapas será de 18 de junho a 17 de julho. São eleitores os professores associados do Sindicato que na data da eleição tiverem mais de três meses de filiação, estiverem com as mensalidades quitadas até 30 dias antes das eleições, trabalhando em escolas da base territorial do Sindicato e no gozo dos direitos sociais conferidos no estatuto da entidade. O professor aposentado tem assegurado o seu direito de voto.

Nessa assembléia, a direção do Sinpro/RS fará ainda a prestação de contas do exercício de 2000 e retomará a campanha pela remuneração da Hora-Atividade (trabalho extraclasse realizado para a preparação de aula, correção de provas, elaboração de projetos, entre outros).

HORA-ATIVIDADE – Consta na Convenção Coletiva de Trabalho 2001, assinada pelo Sinpro/RS e Sinepe/RS, cláusula que garante a criação de uma comissão paritária para antecipar as discussões sobre o assunto e subsidiar a negociação coletiva do próximo ano. O cronograma das reuniões dessa comissão está sendo elaborado pelos Sindicatos e a previsão de funcionamento dos trabalhos é o início do mês de junho.

Segundo Amarildo Cenci, diretor do Sinpro/RS, para estender o debate da Hora-Atividade à categoria, o Sindicato lançará uma campanha específica sobre o assunto. “A luta pela remuneração da Hora-Atividade é histórica. A participação efetiva dos professores é fundamental”.

Marcado .Adicionar aos favoritos o permalink.
© Copyright 2014, Jornal Extra Classe - Todos os direitos reservados.

Os comentários estão encerrados.


CONTEÚDOS RELACIONADOS