Jornal Extra Classe - Jornalismo além da superfície
Nº 056 | Ano 6 | Out 2001
ENSINO PRIVADO
PRÊMIO EDUCAÇÃO 2001

Pena Libertária será entregue dia 19

Reconhecido como um marco educacional gaúcho, o Prêmio Educação é concedido anualmente pelo Sinpro/RS aos destaques da educação no estado, voltados à construção da cidadania. Na edição deste ano, os agraciados são a Irmã Leônida Favero (personalidade), o Movimento de Educação de Jovens e Adultos do Rio Grande do Sul – Mova/RS (projeto), e a Escola de Ensino Fundamental Frei Pacífico (instituição). O troféu Pena Libertária, criado por Gustavo Nakle será entregue no dia 19 de outubro, às 19h30min, no Hotel Embaixador, em Porto Alegre.

Agraciada na categoria profissional, a Irmã Maria Leônida, da Congregação das Irmãs de São José, de Porto Alegre, dedicou 57 dos seus 74 anos à educação libertadora. “Receber o Prêmio é uma recompensa a todos os educadores. O que fiz, nunca foi sozinha, mas sim um trabalho coletivo”, observa a Irmã. Entre seus empreendimentos atuais estão a participação no Movimento Direito e Aprender, que tem como objetivo organizar a sociedade civil no compromisso de lutar por uma escola pública de qualidade, e a alfabetização de adultos na Vila Nova Guaíba.

Na categoria instituição, a Escola de Ensino Fundamental Frei Pacífico – Educação para Surdos, de Porto Alegre, foi a escolhida. O estabelecimento tem 96 alunos da educação infantil à sétima série. A diretora da Escola, Sandra Marilene de Souza, diz ser muito gratificante o recebimento do Prêmio.

Frei Pacífico: educação para surdos

Divulgação

Frei Pacífico: educação para surdos

Divulgação

Já o projeto Movimento de Alfabetização de Jovens e Adultos do Rio Grande do Sul (Mova/RS), é desenvolvido pelo governo estadual em parceria/convênios com movimentos, universidades e prefeituras. Esta parceria é que define o educador popular e apoiador cultural de cada região. O Mova/RS é herdeiro de 40 anos de experiência em educação popular de Paulo Freire e do Movimento em São Paulo. Segundo a coordenadora estadual Liana Borges este possui uma singularidade em relação aos outros projetos: “É o primeiro movimento em nível estadual. Os outros são municipais.” O projeto já atinge cerca de 430 municípios gaúchos.

O Prêmio Educação 2001 teve 34 indicações em todo o Estado. O processo para escolha dos laureados reuniu os integrantes da Comissão Julgadora (representantes do Sinpro/RS, do Apaepers e universidades gaúchas). Segundo o diretor do Sinpro/RS, Norberto Schwarz Vieira, integrante da comissão julgadora, a escolha leva em conta os trabalhos que visam um compromisso com a educação de qualidade para o desenvolvimento da cidadania, a democratização e acesso da população ao conhecimento e a relação das propostas educacionais com a comunidade. Esta é a quarta edição do Prêmio Educação RS.

Adicionar aos favoritos o permalink.
© Copyright 2014, Jornal Extra Classe - Todos os direitos reservados.

Os comentários estão encerrados.