Jornal Extra Classe - Jornalismo além da superfície
Nº 167 | Ano 17 | Set 2012
EDITORIAL

Estreia de Tibica

Foto: Glaci Borges/divulgação

Foto: Glaci Borges/divulgação

Foto: Glaci Borges/divulgação

Nesta edição, o lendário Canini, promove a estreia do seu personagem Tibica, que poderá ser acompanhado mensalmente em substituição ao Dr Fraud, na página 27. Tibica é um indiozinho para lá de sarcástico, que destila comentários irônicos sobre os principais temas ecológicos. O personagem, aliás, tem tudo a ver com a linha editorial do EC, que tem pautado esta que é a grande questão da humanidade e definidora do futuro do planeta e sua habitabilidade. Nada mal para uma publicação que tem como seu principal público, o professor, um multiplicador de ideias formador de opiniões. Sem contar que as tiras do Tibica são excelente material para trabalhar em sala de aula.

ENTREVISTA – Nosso entrevistado do mês, o filósofo suíço Thomas Kesselring, é um dos maiores especialistas em Piaget, além de ser citado e consultado por Habermas. Ele esteve em Porto Alegre e concedeu entrevista exclusiva em que falou sobre aspectos da educação brasileira, tema que conhece bem, pois já viveu na capital gaúcha.

CADERNO – Apesar de ter um dos mais bem-estruturados sistemas de transplantes do país, o estado realiza metade dos transplantes que poderia fazer se não fossem as falhas na identificação de doadores, omissão médica ou negativa de familiares. A história e a conjuntura atual do sistema de transplantes, com entrevistas de médicos e de pessoas beneficiadas por transplantes são tema do caderno Especial doação de órgãos e tecidos, que assinala o lançamento do projeto Cultura Doadora. A iniciativa da Fundação Cultural e Assistencial Ecarta com apoio do Sinpro/RS propõe que os professores levem o debate sobre doação de órgãos para as salas de aula.

AIDS – E ainda, reportagem especial mostra que os números da Aids no Brasil e no RS são preocupantes e as campanhas de prevenção cessaram ou são inócuas. Estudos mostram tendência de proliferação da epidemia entre jovens.

Cartas

Foto: Igor Sperotto

Foto: Igor Sperotto

Foto: Igor Sperotto

DENÚNCIA E ACOMPANHAMENTO
Quero elogiar os redatores do jornal Extra Classe, agosto de 2012, pela matéria a respeito do regime de escravidão em que viviam quatro jovens que trabalhavam em uma fazenda em Vacaria. A denúncia resultou em punição do fazendeiro. De fato, o trabalho jornalístico não se reduz apenas em efetuar a denúncia, mas acompanhar o resultado do que foi publicado. Em todo o Brasil campeia livre a exploração de jovens e adultos, reduzidos à condição de escravos nas fazendas do território nacional. Faltam muitas denúncias destas situações e, de modo especial, atitudes das autoridades frente à tamanha vergonha nacional. Parabéns.
Osvaldo Biz, jornalista.

Adicionar aos favoritos o permalink.
© Copyright 2014, Jornal Extra Classe - Todos os direitos reservados.

Os comentários estão encerrados.