Jornal Extra Classe - Jornalismo além da superfície
Nº 185 | Ano 19 | Jul 2014
ENSINO PRIVADO
EDUCAÇÃO INFANTIL

Mobilização por melhores salários

Principal reivindicação dos professores é a unificação dos valores hora-aula em Porto Alegre e nos demais municípios
Campanha chama a atenção de pais para a diferença entre o reajuste das mensalidades escolares e o reajuste dos salários

Foto: Leonardo Savaris

Campanha chama a atenção de pais para a diferença entre o reajuste das mensalidades escolares e o reajuste dos salários

Foto: Leonardo Savaris

O mês de junho foi marcado por mobilizações nas escolas de educação infantil em todo o estado denunciando os baixos salários dos professores deste nível de ensino. Foram distribuídos panfletos e material informativo sobre as condições de trabalho dos docentes e chamando os pais para apoiarem o movimento. Três rodadas de negociação já foram realizadas entre Sinpro/RS e Sindicreches.

“O Sindicato patronal apresentou proposta que mantém a lógica de percentuais diferenciados nas horas-aula. Diante disso, fizemos uma contraproposta para que a unificação dos valores hora-aula seja feita num período de dois anos, além da reposição do INPC anual”, destaca Celso Stefanoski, diretor do Sinpro/RS. A principal reivindicação dos professores é a unificação dos valores hora-aula menores de Porto Alegre, de R$ 6,35 para R$ 7,40, e os demais municípios de R$ 5,00 para R$ 6,50.

O Sinpro/RS também destacou a importância de contemplar a melhoria das cláusulas sociais, que fazem parte da pauta de reivindicações, como a redução de quatro para três anos para obtenção do adicional por tempo de serviço; reembolso de 50% do valor pago na mensalidade para os dependentes matriculados em outro estabelecimento de ensino; limitação no período de segunda a sexta das reuniões pedagógicas e a comemoração do dia do professor antecipada para 13 de outubro.

DIFERENÇAS SALARIAIS A tabela comparativa abaixo é um dos argumentos do Sindicato para a valorização dos professores que atuam na educação infantil privada. Veja o quanto ganha um professor com 40 horas semanais no ensino privado, em relação ao piso do magistério público e ao salário mínimo regional de faixa 5, que corresponde ao técnico de nível médio.

Veja o quanto ganha um professor

Arte D3 Comunicação

Arte D3 Comunicação

Marcado .Adicionar aos favoritos o permalink.
© Copyright 2014, Jornal Extra Classe - Todos os direitos reservados.

Os comentários estão encerrados.


CONTEÚDOS RELACIONADOS