Jornal Extra Classe - Jornalismo além da superfície
Nº 187 | Ano 19 | Set 2014
ENSINO PRIVADO
NAP

Professores nas redes sociais

O Núcleo de Apoio ao Professor Contra a Violência – NAP realizou, em agosto, o 9ª Roda de Conversas
9ª Roda de Conversas debateu os limites entre público e privado na web

Foto: Igor Sperotto

9ª Roda de Conversas debateu os limites entre público e privado na web

Foto: Igor Sperotto

O Núcleo de Apoio ao Professor Contra a Violência – NAP realizou, em 19 de agosto, o 9ª Roda de Conversas, evento que reuniu professores na sede da Associação Psicanalítica de Porto Ale­gre (Appoa) para discutir o papel docente nas redes sociais. “É preciso cuidado no que é dito nas redes sociais, pois existe uma linha muito tênue entre o público e o privado. Há certas ma­nifestações impensadas que acabam geran­do problemas nos relacionamentos”, analisa Cecília Farias, diretora do Sinpro/RS.

Para Diana Corso, psicanalista da Appoa, a rede social é um novo lugar que pressupõe uma forma de vida de forte relacionamento. “Se por um lado é positivo, pois dribla o anoni­mato, por outro, ainda é um território que não tem padrões de civilidade, não sabemos como selecionar as pessoas, com quem nos relacionamos, não sabemos fazer escolhas nesse espaço. E isso acaba trazendo aspec­tos de agressividade e intolerância”, avaliou.

Segundo ela, a relação entre professor e aluno é de expectativas que devem ser gerenciadas. “É uma relação de trabalho, que pode ser afetiva, de pro­ximidade e acolhedora, mas deve manter a relação profissional”, afirmou a psicanalista.

Marcado .Adicionar aos favoritos o permalink.
© Copyright 2014, Jornal Extra Classe - Todos os direitos reservados.

Os comentários estão encerrados.


CONTEÚDOS RELACIONADOS