Jornal Extra Classe - Jornalismo além da superfície
Nº 193 | Ano 20 | Mai 2015
ENSINO PRIVADO
EDUCAÇÃO INFANTIL

Inicia processo de negociação salarial 2015

Começa neste mês de maio o processo de Negociação Salarial 2015 dos professores que atuam em escolas privadas exclusivamente de educação infantil em todo o estado. Na primeira quinzena, o Sinpro/RS realiza 14 assembleias de professores, de 4 a 9 de maio, para definir as prioridades da campanha. “Estas assembleias são o momento em que
os professores participam ativamente do processo de negociação e podem trazer suas demandas para integrar a pauta”, afirma Celso Stefanoski, diretor do Sinpro/RS.

Uma pré-pauta já elaborada pelo Sindicato reivindica 10% de reajuste salarial para os valores hora-aula acima dos citados na tabela abaixo. Este percentual representa a reposição do INPC + aumento real de salário. Constam ainda na pauta o adicional de 3% sobre o aprimoramento acadêmico; redução de quatro para três anos para a obtenção do adicional por tempo de serviço; reembolso de 50% no valor pago na mensalidade para os dependentes matriculados em outro estabelecimento de ensino; inclusão de 15 minutos de intervalo destinados ao descanso e à alimentação na carga horária do professor; realização das reuniões pedagógicas previstas no período compreendido entre segunda a sexta-feira; pagamento de todas as horas de acantonamento noturno; comemoração do dia do professor no dia 13 de outubro de 2015, entre outras.
“O Sinpro/RS vem intensificando a campanha de negociação da educação infantil, em 2015, além do reajuste, o destaque vai para as cláusulas sociais que regem o contrato do professor e garantem melhores condições de trabalho para todos”, ressalta Stefanoski.

MERCANTILIZAÇÃO
Fundo de investimentos ex-Kroton compra Faculdade da Serra Gaúcha
No dia 24 de março, o fundo de investimento privado Advent International, que co-controlou a Kroton entre 2009 e 2013, adquiriu a Faculdade da Serra Gaúcha (FSG). No seu material de divulgação, o fundo de investimentos refere-se à FSG como sendo a segunda maior empresa de educação de Caxias do Sul, ofertando cursos de graduação e
pós-graduação para mais de 10 mil alunos, com atuação em Caxias do Sul, Bento Gonçalves, Farroupilha e Ijuí. A transação está sujeita à aprovação de órgãos reguladores e outras condições de fechamento.

A conclusão está prevista para o primeiro semestre de 2015 e o valor da compra não foi divulgado. Pouco mais de duas semanas depois de fechado o negócio, a FSG recebeu aprovação da Comissão do Ministério da Educação (MEC) para ser transformada em Centro Universitário. Os avaliadores estiveram na instituição entre 7 e 11 de abril
e analisaram mais de 120 itens em cinco eixos: Infraestrutura Física, Desenvolvimento Institucional, Políticas de Gestão, Políticas Acadêmicas e Planejamento Institucional. O relatório será enviado pela Comissão Avaliadora ao Conselho Nacional de Educação (CNE). A FSG aguarda para os próximos meses a publicação no Diário Oficial da União da autorização para transformação em Centro Universitário da Serra Gaúcha, processo niciado em 2013.

Desde sua criação, em 1984, a Advent já fez mais de 300 transações em 40 países. Atualmente, gerencia mais de US$ 33 bilhões em ativos. Possui escritórios em quatro continentes: América do Norte, Europa, América Latina e Ásia. O foco dos investimentos se concentra em cinco setores: serviços e serviços financeiros; saúde; indústria; varejo,
consumo e lazer; e tecnologia, mídia e telecomunicações. Retorna ao mercado da educação, de que esteve afastado desde 2013, quando deixou a Kroton.

Marcado .Adicionar aos favoritos o permalink.
© Copyright 2014, Jornal Extra Classe - Todos os direitos reservados.

Os comentários estão encerrados.


CONTEÚDOS RELACIONADOS