Jornal Extra Classe - Jornalismo além da superfície
Nº 219 | Ano 22 | NOV 2017
EDITORIAL

À espera de um milagre

Not available

Not available

A reportagem do Extra Classe acompanhou a rotina de brasileiros de outros estados que migram para Porto Alegre na esperança de realizarem transplantes de órgãos no complexo hospitalar da capital gaúcha, referência no país. O resultado está na reportagem de capa desta edição. As histórias dos amazonenses Rogério, Francisco e Sebastião não são casos isolados, mas ilustram como acontece a delicada batalha contra o tempo e os inúmeros imprevistos enfrentados na busca pela sobrevivência e por mais qualidade de vida. Eles abandonaram suas casas, famílias e trabalho para viver em uma casa de passagem em outro estado, onde, sem renda ou assistência do poder público, enfrentam todo tipo de dificuldade enquanto esperam por um doador compatível. Alguns migrantes são crianças que chegam acompanhadas pela família.

Na entrevista do mês, a arte-educadora Ana Mae Barbosa, pioneira no ensino da Arte no Brasil, analisa o contexto de regressão em que o país está mergulhado, as investidas contra as artes e a reforma do ensino médio que suprimiu essa e outras disciplinas do currículo.

Supostamente sem apoio no Congresso para aprovar seus projetos depois que a base aliada barrou a segunda denúncia da Procuradoria Geral da República por obstrução da justiça e formação de quadrilha, o governo dificilmente conseguiria levar adiante a proposta de Reforma da Previdência. Essa tendência ganhou o reforço de uma CPI que colocou por terra o alegado “déficit” da Previdência, principa argumento do Planalto a favor da reforma.

No estado, o governo Sartori aventura-se na venda de ações do Banrisul, em uma operação que deverá lhe custar a fragilização do controle público sobre o banco e perdas projetadas em até R$ 4 bilhões. Um dos poucos patrimônios públicos ainda não atingidos pelo projeto de privatizações do peemedebista José Ivo Sartori, o Banrisul teve lucro líquido de R$ 660 milhões em 2016.

Em livros, os causos ilustrados do cartunista Santiago no recém-lançado A menina do Circo Tibúrcio; e O país da Suruba, de Ayrton Centeno, que reverencia o imaginário de Stanislaw Ponte Preta ao apresentar 155 provas “de que o golpe de 2016 diminuiu, ridicularizou e emburreceu o Brasil”. Confira ainda os colunistas do Extra Classe e as notícias do ensino privado.

Boa leitura!

Marcado .Adicionar aos favoritos o permalink.
© Copyright 2014, Jornal Extra Classe - Todos os direitos reservados.

Os comentários estão encerrados.


CONTEÚDOS RELACIONADOS