Jornal Extra Classe - Jornalismo além da superfície
13/05/2016
PRÊMIO

Extra Classe recebe prêmio nacional de jornalismo

O jornal conquistou o primeiro lugar na categoria Jornalismo Impresso do IV Prêmio República de Valorização do Ministério Público Federal
Cerimônia de premiação ocorreu no dia 11 de maio, em Brasília

Foto: Valéria Amaral/ Ascom Fenam

Cerimônia de premiação ocorreu no dia 11 de maio, em Brasília

Foto: Valéria Amaral/ Ascom Fenam

O jornal Extra Classe foi contemplado com o primeiro lugar na categoria Jornalismo Impresso do IV Prêmio República de Valorização do Ministério Público Federal, promovido pela Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR). A cerimônia de premiação ocorreu na noite de 10 de maio, no auditório da Associação Médica de Brasília. A matéria premiada, O zelo pela contravenção, de Gilson Camargo, foi  publicada na edição de junho de 2015. Mostra a atuação do Ministério Público Federal e da Polícia Federal contra tentativas de esvaziamento da Operação Zelotes, que apura fraudes de quase R$ 20 bilhões contra o Fisco e envolve grandes corporações e empresas de comunicação em todo o país, a exemplo da Gerdau e da RBS, maior grupo de comunicação do Rio Grande do Sul. Esse é o 34º prêmio de jornalismo conquistado pelo Extra Classe.

A IV edição do Prêmio República, que além de trabalhos jornalísticos premia iniciativas de procuradores federais, destacou 11 iniciativas e quatro receberam menção honrosa – de um total de 81 inscritos. O ponto alto da solenidade deu-se com o anúncio da categoria de Combate à Corrupção. A Operação Lava Jato recebeu prêmio especial, com o título hors concours. O coordenador da força tarefa, o procurdor da República Deltan Dallagnol, representou o grupo. “Somos representantes do MPF, de órgãos públicos, mas acima disso somos representantes da nossa chefe e líder suprema: a sociedade, que convocou o MPF no combate à corrupção”, afirmou.

Compõem o colegiado o presidente da Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR), José Robalinho Cavalcanti; o procurador-geral da República, Rodrigo Janot; o ministro do Superior Tribunal de Justiça Herman Benjamin; o conselheiro do CNMP, Antônio Duarte; o diretor-geral da Fundação Pedro Jorge, Alexandre Camanho; o diretor de Assuntos Legislativos da ANPR, Ângelo Villela Goulart; a diretora Cultural da ANPR, Zani Cajueiro; o deputado Federal Alessandro Molon (Rede-RJ); a presidente da Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (Conamp), Norma Cavalcanti; a consultora de Acesso à Justiça da ONU Mulheres, Vânia Pasinato; e a gerente executiva da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji), Marina Iemini Atoji.

Confira a lista dos premiados.

Mais fotos da premiação.

 

Adicionar aos favoritos o permalink.
© Copyright 2014, Jornal Extra Classe - Todos os direitos reservados.

Os comentários estão encerrados.