Jornal Extra Classe - Jornalismo além da superfície
Nº 102 | Ano 11 | Mai 2006
ELISA LUCINDA

Muito pontuais as flores chegaram ao teatro
vindas de um cavalheiro.
Eram rosas vermelhas com flores mistas
do campo ao cerrado cheirosíssimas,
variadas e vindas de uma ordem dada
a três mil quilômetros daqui. Cinco mil, talvez, não sei.
Sei que isso é o poder da vontade!
Uma demonstração até tímida do que pode o amor
alcançar,
encontrar, envolver, esteja seu doador onde estiver.

À imagem de um deus,
um homem pode mandar um raio
com destino à escuridão distante,
uma chuva para um sertão berrante,
um sim para um caminho errante,
um jato frio, uma palavra má
que atravesse o país e apague a chama,
ou um buquê que atravesse o mesmo país
e enfeite e agrade
o coração de uma dama.

Marcado .Adicionar aos favoritos o permalink.
© Copyright 2014, Jornal Extra Classe - Todos os direitos reservados.

Os comentários estão encerrados.


CONTEÚDOS RELACIONADOS