Jornal Extra Classe - Jornalismo além da superfície
Nº 103 | Ano 11 | Jun 2006
ENSINO PRIVADO
URCAMP

A 1ª Vara do Trabalho de Bagé é palco de mais uma insólita disputa jurídica em torno de uma causa trabalhista. O ex-pró-reitor administrativo da Urcamp, Roberto Nocchi Cachapuz, após sua demissão, está processando a instituição. O molde é o mesmo da ação impetrada pelo ex-reitor Morvan Ferrugem, em 2005, cujo processo ainda está em andamento. Morvan, que também foi presidente da Fundação Áttila Taborda (FAT), mantenedora da Urcamp, entrou com uma ação requerendo indenização de mais de meio milhão de reais por conta de reduções salariais, falta de recolhimento de FGTS e salários atrasados. Sobre o caso de Cachapuz, a reitoria informa que os valores pedidos por ele são superiores aos requeridos por Morvan e que a Procuradoria Jurídica da Universidade já contestou a reclamatória durante a primeira audiência ocorrida em maio.

Marcado .Adicionar aos favoritos o permalink.
© Copyright 2014, Jornal Extra Classe - Todos os direitos reservados.

Os comentários estão encerrados.


CONTEÚDOS RELACIONADOS