Jornal Extra Classe - Jornalismo além da superfície
Nº 113 | Ano 12 | Mai 2007
ENSINO PRIVADO
CASA DO PROFESSOR

A Casa do Professor começa a ser equipada no dia 2 de maio. A conclusão da obra foi antecipada para que os primeiros apartamentos possam ser mobiliados e estejam à disposição dos professores a partir do dia 25 de maio. No início, em virtude das restrições orçamentárias, serão inaugurados dois andares, totalizando dez apartamentos dotados de toda a infra-estrutura para hospedar professores. “A conclusão do projeto em tempo hábil foi gestionada pela Comissão de Obras e a Direção Colegiada junto à construtora em virtude do crescente interesse manifestado pelos professores”, ressalta Marcos Fuhr, diretor do Sinpro/RS.

O objetivo da Casa do Professor é proporcionar hospedagem aos associados do Sindicato e aos seus dependentes que, por razões diversas, precisam deslocar-se a Porto Alegre. O custeio do projeto vem sendo feito com recursos oriundos da retenção parcial do imposto sindical dos associados nos últimos dois anos.

Na reunião da Direção Colegiada, no dia 24 de abril, foi definida a logomarca da Casa do Professor e, na Assembléia Geral de encerramento do 8º Cepep, dia 20 de maio, será aprovado o regulamento de uso. Conforme planejamento de funcionamento da Casa, ela terá recepção e portaria 24 horas, e a ocupação terá duas modalidades, diária e meia-diária. Ainda estão em estudo os preços dessas modalidades de ocupação. No andar térreo existem duas salas com previsão de locação comercial, cuja renda será integralmente revertida para manutenção e funcionamento da Casa do Professor.

Convivência – Integrada à Fundação Cultural e Assistencial Ecarta, a Casa do Professor contempla a proposta do Sinpro/RS de estabelecer um complexo de convivência dos professores, proporcionando atividades culturais, de aprimoramento, de lazer e promoção da cidadania. A Casa do Professor está localizada, na rua Lopo Gonçalves, quase esquina com a avenida João Pessoa, próxima a um dos mais belos cartões postais da Capital, o Parque da Redenção. A proximidade com a Fundação não é apenas física. O projeto foi concebido de forma a possibilitar a participação dos hóspedes da Casa nas atividades culturais desenvolvidas pela Fundação Ecarta.

Marcado .Adicionar aos favoritos o permalink.
© Copyright 2014, Jornal Extra Classe - Todos os direitos reservados.

Os comentários estão encerrados.


CONTEÚDOS RELACIONADOS