Jornal Extra Classe - Jornalismo além da superfície
Nº 115| Ano 12 | Jul 2007
ENSINO PRIVADO
HOSPEDAGEM

A professora Cristina Emília Schünemann, de Panambi, município distante 380 quilômetros de Porto Alegre, foi uma das primeiras hóspedes da Casa do Professor, em funcionamento desde o início de junho. Ela faz um curso de extensão em Tradução Literária na capital, com um ano de duração. “Foi uma mão na roda pra mim que preciso vir a Porto Alegre para as aulas nos sábados”, afirma. “Quando não ficava em hotel, com diária bem superior, depois de quase sete horas de viagem, esperava na rodoviária até o horário da aula”. Ela destaca como aspectos positivos ainda a localização do prédio, próximo ao Brique da Redenção e a facilidade de locomoção, além do suporte das Unidades Habitacionais (UHs), com geladeira e forno de microondas, além da TV a Cabo.

Já o professor aposentado Alceu Salamoni, de Pelotas, 260 quilômetros de Porto Alegre, costuma vir à Capital para visitar familiares. “Inaugurei uma das UHs. O que tenho a dizer da Casa? Ótima! Parabéns ao Sinpro/RS”.

De 1º de junho ao dia 27, fechamento desta edição, a Casa contou com 108 diárias atendidas nas dez UHs em operação. A expectativa é de conclusão de mais 10 UHs ainda em meados deste mês. “Em virtude da recente inauguração, estamos aperfeiçoando o acabamento e repondo alguns equipamentos que apresentaram mau funcionamento”, observa o professor Odir Dill Ruckhaber, integrante do Conselho de Usuários, constituído na assembléia geral de maio com o objetivo de assessorar a direção do Sinpro/RS.

Além de diárias, a Casa oferece o serviço de meia-diária (sem pernoite). A proposta foi ao encontro da professora Débora de Oliveira, de Erechim, distante 370 quilômetros de Porto Alegre. “Tive uma reunião numa sexta-feira à tarde. Pela manhã, fiquei hospedada na Casa”, explica. “Daqui pra frente, vou ser assídua”.

A Casa do Professor também está disponível para os dependentes dos sócios, segundo Odir. Para isso, ele orienta o cadastramento prévio junto ao Sinpro/RS. “Dependentes dos sócios de Porto Alegre, que residem fora do município, têm direito a usufruir deste serviço”, assinala. Informações através do site www.sinprors.org.br/casadoprofessor.

Marcado .Adicionar aos favoritos o permalink.
© Copyright 2014, Jornal Extra Classe - Todos os direitos reservados.

Os comentários estão encerrados.


CONTEÚDOS RELACIONADOS