Jornal Extra Classe - Jornalismo além da superfície
Nº 115| Ano 12 | Jul 2007
ENSINO PRIVADO
SINDICALIZAÇÃO

Alexsandro dos Santos Machado, professor da Educação Superior em Porto Alegre, voltou a ser sócio do Sinpro/RS em maio, depois de passar um ano no interior de Moçambique, na África, onde foi fazer um curso de formação de professores. “É importante para nós educadores participar dessa caminhada ao lado do Sinpro/RS e discutir de forma permanente as questões da Educação”, justifica. Alexsandro soma-se aos 930 novos associados, professores de todas as regiões do Estado, que aderiram à Campanha de Sindicalização do Sinpro/RS, lançada no início de março. Com o slogan “Sinpro/RS – fazendo mais o tempo todo”, a iniciativa do Sindicato chama a atenção para a importância e as vantagens de manter a entidade sindical forte e legítima por meio da associação de seus trabalhadores.

A meta da Campanha é incorporar 1.800 professores ao quadro social da entidade até o dia 15 de outubro. Dos 28.795 professores do ensino privado, atualmente 17.076 já integram o quadro do Sindicato, o que representa 59,3% da categoria. Até o final do mês de junho, 271 professores foram responsáveis pela adesão de 530 novos sócios. São os sindicalizadores, associados que, por conhecerem a atuação do Sindicato e os serviços prestados, estimulam colegas a fortalecer mais a entidade sindical.

“A direção do Sinpro/RS estabelece, todos os anos, metas de sindicalização arrojadas, pois temos a convicção de que os professores precisam estar engajados nas lutas do Sindicato”, destaca a professora Cecília Farias, diretora do Sinpro/RS. “Além do acompanhamento ao cumprimento da legislação trabalhista em relação ao contrato de trabalho do professor, o Sindicato oferece uma série de benefícios na área jurídica, previdenciária, cultural e lúdica”, enumera.

SINDICATO FORTE – Josi Cristina Spindler, que leciona em uma escola do Ensino Fundamental em Sapucaia do Sul, decidiu se sindicalizar ao tomar conhecimento da atuação do Sinpro/RS na defesa e valorização dos professores e dos serviços oferecidos, como os descontos nos convênios, a programação da Fundação Ecarta, a Casa do Professor. “Sendo sindicalizado, o professor conta com o apoio do Sinpro/RS na prestação de serviços e asses-soramento em diversas áreas, o que considero importante para o fortalecimento da categoria”, destaca.

“Quanto maior a adesão, maior será a representatividade e o poder de negociação do Sinpro/RS”, ressalta Maria Cristina Fonseca de Almeida, professora do Ensino Médio e da Educação Superior em Passo Fundo. Depois de um período em que ficou afastada da entidade, ela voltou a ser sócia do Sinpro/RS no mês passado. “Considero fundamental que todo professor do ensino privado seja sindicalizado, e o Sinpro/RS é o nosso Sindicato. Vale a pena, acima de tudo, pela atuação política do Sindicato na defesa e manutenção dos direitos da categoria.

PREMIAÇÕES – A Campanha prevê uma série de premiações aos professores. Todos os sócios concorrem a um notebook. O sindicalizador concorre à viagem a Manaus com acompanhante. Os sorteios ocorrerão no dia 20 de outubro. Além disso, o sin-dicalizador que apresentar três novos sócios ganha uma caneta laser e, a cada 10 novos sócios, um pen drive. Setenta e quatro professores já receberam prêmios. Mais informações sobre sindicalização através do site www.sinprors.org.br.

Marcado .Adicionar aos favoritos o permalink.
© Copyright 2014, Jornal Extra Classe - Todos os direitos reservados.

Os comentários estão encerrados.


CONTEÚDOS RELACIONADOS