Jornal Extra Classe - Jornalismo além da superfície
Nº 116 | Ano 12 | Ago 2007
ENSINO PRIVADO
URI/FW

Os professores da URI-Campus Frederico Westphalen aprovaram em assembléia, realizada no dia 23 de julho, acordo que regulamenta o pagamento de salários devidos. A instituição vinha atrasando o pagamento aos docentes desde março deste ano, e descumprindo acordo anterior, celebrado em 2006, que também tratava do parcelamento de débitos. Em razão disso, no início de julho, esgotadas as negociações, o Sinpro/RS ingressou com ação na Justiça para bloquear as contas da Universidade, pedindo que todos os recursos fossem destinados para o pagamento dos salários. O resultado desse processo foi a efetivação do pagamento da folha de junho, até então em aberto, permanecendo a de maio para ser saldada com recursos provenientes de empréstimo junto ao sistema financeiro. “A exemplo do que a Uri já faz em outros campi, também em Frederico Westphalen terá de reestruturar-se como condição de se viabilizar diante de um mercado cada vez mais competitivo. O grande problema tem sido a despotencialização de esforços que deveriam ser direcionados à atividade-fim da instituição (ensino, pesquisa e extensão), e que são destinados à atividade-meio, pois ainda se mantém um significativo número de horas-docentes utilizadas em funções administrativas”, explica Amarildo Cenci, da direção do Sinpro/RS.

PLANO DE CARREIRA – No início de agosto, a Uri entregou ao Sinpro/RS uma proposta de reestruturação do Plano de Carreira de toda a instituição. O Sindicato visitará todos os campi com o propósito de discutir as alterações pretendidas. Reunião entre Sindicato, Reitoria e direções de campi deverá ocorrer na primeira quinzena de agosto.

Marcado .Adicionar aos favoritos o permalink.
© Copyright 2014, Jornal Extra Classe - Todos os direitos reservados.

Os comentários estão encerrados.


CONTEÚDOS RELACIONADOS