Jornal Extra Classe - Jornalismo além da superfície
Nº 117 | Ano 12 | Set 2007
ENSINO PRIVADO
FUNDAÇÃO LIBERATO

Os professores da Fundação Liberato, de Novo Hamburgo, rejeitaram em assembléia realizada no dia 22 de agosto proposta de acordo encaminhada pelo governo do estado e definiram um calendário de mobilização pela reabertura das negociações. Eles paralisaram as aulas no período da manhã do dia 30 e definiram uma greve de um dia para 5 de setembro. Segundo Cássio Bessa, diretor do Sinpro/RS, os professores querem a imediata reabertura das negociações com o Grupo de Assessoramento Especial do governo. Além da renovação das cláusulas sociais do último Acordo Coletivo, a categoria reivindica a recuperação das perdas salariais calculadas em 12% e recebimento dos vales-refeição já concedidos a outras fundações estaduais.

Marcado .Adicionar aos favoritos o permalink.
© Copyright 2014, Jornal Extra Classe - Todos os direitos reservados.

Os comentários estão encerrados.


CONTEÚDOS RELACIONADOS