Jornal Extra Classe - Jornalismo além da superfície
Nº 122 | Ano 13 | Abr 2008
ENSINO PRIVADO
SISTEMA "S"

O Sinpro/RS e o Sindepars assinaram no início do mês de março a Convenção Coletiva de Trabalho 2008 dos professores do Sistema Fiergs. O documento, aprovado em assembléia, garante a manutenção do maior número das cláusulas de condições de trabalho do Acordo Coletivo 2007, e avança em alguns pontos.

O reajuste salarial ficou estabelecido em 5,5%, o que, além de recompor a perda inflacionária do período (5,16%), estabelece um ganho real. A saúde do docente foi contemplada com a criação por parte da instituição de ensino de um programa de prevenção de doenças laborais como o estresse, problemas de varizes, LER, Dort, entre outras. Para a Educação Superior, a grande conquista foi a inclusão de atividades relacionadas à preparação de aulas, preparação e correção de provas, e trabalhos na carga horária a ser cumprida pelo docente na instituição (hora-atividade).

Por esta Convenção são abrangidos os professores da Educação Superior e das áreas propedêuticas dos cursos técnicos do Senai e os professores da Educação Infantil, EJA, EaD e Ensino Médio (Educação Básica) do Sesi.

Domingos Antônio Buffon, Diretor do Sinpro/RS, destaca na negociação deste ano a formação de um grupo de trabalho que ao longo de 2008 vai estudar a legislação educacional e trabalhista. Este item não consta na Convenção, mas foi uma negociação feita entre as partes. O objetivo é buscar um entendimento sobre a representação sindical dos professores que atuam em áreas técnicas. “Alguns professores de cursos técnicos não são reconhecidos como tal, perdendo benefícios, condições de trabalho e salário. O Sinpro/RS está trabalhando para legitimar esses professores”, ressalta Domingos. O grupo será formado por representantes do Sinpro/RS e do Senai.

Marcado .Adicionar aos favoritos o permalink.
© Copyright 2014, Jornal Extra Classe - Todos os direitos reservados.

Os comentários estão encerrados.


CONTEÚDOS RELACIONADOS