Jornal Extra Classe - Jornalismo além da superfície
Nº 126 | Ano 13 | Ago 2008
ELISA LUCINDA

É deserto o dia
corro na praia
na areia quente
corro fervente
corpo esse meu
correndo na
ardente terra
que beira
o mar
corro na
praia
morro
dunas montes cumes
de se subir e molhar
ninguém me vê
só ela
que sopra na concha sua voz de Iemanjá
corro na areia bege
ainda é ela a me chamar
vestido de seda e de lese
é o da sereia desse mar.

Marcado .Adicionar aos favoritos o permalink.
© Copyright 2014, Jornal Extra Classe - Todos os direitos reservados.

Os comentários estão encerrados.


CONTEÚDOS RELACIONADOS