Jornal Extra Classe - Jornalismo além da superfície
Nº 132 | Ano 14 | Abr 2009
ENSINO PRIVADO
UERGS

Em assembleia conjunta do Sinpro/RS, Aduergs e Semapi, no dia 7 de março, os professores da Uergs aprovaram a proposta de Plano de Carreira da instituição. A proposta estabelece critérios para a progressão de docentes e pessoal técnico-administrativo, com a titulação como critério de seleção, e também organiza a carreira dos professores com promoções, a cada três anos, por antiguidade ou merecimento, com repercussão direta no salário. O diretor do Sinpro/RS, Amarildo Cenci, destaca que as atribuições docentes passam a ser de acordo com a atividade-fim da Uergs: ensino, pesquisa e extensão. “Também está contemplada a possibilidade de dedicação exclusiva do professor da Uergs”, ressalta. A projeção é de um corpo docente de 600 professores – atualmente são 130 que lecionam na universidade. A proposta será avaliada pelo governo do estado e votada na Assembleia Legislativa.

Marcado .Adicionar aos favoritos o permalink.
© Copyright 2014, Jornal Extra Classe - Todos os direitos reservados.

Os comentários estão encerrados.


CONTEÚDOS RELACIONADOS