Jornal Extra Classe - Jornalismo além da superfície
Nº 138 | Ano 14 | Out 2009
ENSINO PRIVADO
UERGS

O Sinpro/RS conquistou na Justiça (5ª Vara da Fazenda Pública) a anulação das nomeações dos sete diretores de Campus Regionais da Uergs, indicados pela Reitoria, e da eleição direta de seus substitutos conforme determina o estatuto da instituição. Com base no artigo 34 do Decreto 43.240, de 2004, que determina que os diretores sejam eleitos de forma direta pela Comunidade Universitária, os professores da Uergs deram início ao pleito em setembro. Os novos diretores serão eleitos ainda em outubro.

O Sindicato e a Associação de Docentes (Aduergs) reivindicam a imediata assinatura do Termo de Compromisso Proposto pelo Conselho Estadual de Educação (Ceed/RS). O documento prevê a democratização da Universidade, com a definição de um calendário, com destaque para eleição direta à Reitoria e a aprovação do Plano de Carreira dos professores – que está desde junho com o governo.

No dia 24 de setembro, representantes do Sinpro/RS e da Aduergs tiveram audiência, na Secretaria de Ciência e Tecnologia, pasta à qual a Universidade passou a pertencer, com o secretário Artur Lorentz, que manifestou interesse em dar transparência aos atos relativos à Uergs. Confira a íntegra do Protocolo na internet em
www.sinprors.org.br/protocolo_uergs.pdf

No dia 11 de setembro, foi assinado o Acordo Coletivo dos professores da Uergs, que prevê reajuste de 4% retroativo a junho. A CCT pode ser acessada em na internet em
www.sinprors.org.br/AcordoColetivo_2009UERGS.pdf

Marcado .Adicionar aos favoritos o permalink.
© Copyright 2014, Jornal Extra Classe - Todos os direitos reservados.

Os comentários estão encerrados.


CONTEÚDOS RELACIONADOS