Jornal Extra Classe - Jornalismo além da superfície
Nº 140 | Ano 14 | Dez 2009
CULTURA

HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO
História da profissão docente no Brasil: representações em disputa(Cortez, 240 p.), de Paula Perin Vicentini e Rosario Genta Lugli, investiga a constituição dos sistemas educacionais brasileiros do ponto de vista dos professores e a análise das suas condições de formação, trabalho e organização, bem como sua luta por reconhecimento social. A proposta das autoras é contribuir para a compreensão da história das tradições de trabalho docente, das relações desses profissionais com o conhecimento específico produzido no campo educacional, com vistas à compreensão dos rumos do ensino no país.

FALANDO GREGO
De todas as correntes migratórias que passaram pelo Brasil e pelo Rio Grande do Sul, a que menos possui bibliografia a respeito e um olhar acadêmico mais aprofundado é a colônia grega. Atenta a isso, a professora Maria das Graças Fernandes fez sua tese de doutorado na Universidade de Leon (ES), que virou o livro Os Gregos no Brasil (Letra & Vida / Editora Suliani, 224 p.), lançado na 55ª Feira do Livro de Porto Alegre. De acordo com Maria das Graças, não se sabe o número preciso de descendentes de gregos devido a falta de registros oficiais, mas em Porto Alegre existe uma comunidade organizada há mais de 50 anos, e em Florianópolis a partir de 1880 iniciou um colônia expressiva de imigrantes gregos. Mas a que tem mais expressão fica em São Paulo. Estima-se que existam mais de 2 mil gregos e descendentes em 12 comunidades helênicas na região Sul do país.

CIENTISTAS
A coletânea Grandes Cientistas Brasileiros (publicação em fascículos da revista Caros Amigos e da Editora Casa Amarela) reconstitui trajetórias de superação pessoal e científica que fizeram o país e a pesquisa avançarem nas áreas da Física, Química, Biologia, Sociologia, Antropologia e Geografia. A publicação é quinzenal e tem 32 páginas por edição de um total de 12 edições. A primeira, lançada em novembro, perfila Carlos Chagas, revolucionário da Medicina, e Johanna Döbereiner, inovadora no campo da agricultura, e traz o contexto histórico relacionado a cada personagem. Carlos Chagas, Florestan Fernandes, Milton Santos, Celso Furtado, Oswaldo Cruz, Darcy Ribeiro e Anisio Teixeira estão entre os 24 nomes da coleção. Professores associados do Sinpro/RS têm desconto de 40% na compra da coleção (somente pelo link www.lojacaros amigos. com.br/Produto.aspx?IdP roduto=255&IdProdutoVersao=255).

PRINCÍPIO JURÍDICO
O livro Desenvolvimento (sustentável) no Brasil de Lula: uma abordagem jurídico ambiental (Edunisc, 292 p.), adaptação da tese de doutorado em Direito de Maria Beatriz Oliveira da Silva, na Universidade de Lomoges, na França, analisa o desenvolvimento sustentável como um princípio jurídico. Mestre em Direitos Sociais e Políticas Públicas e professora de Direito Ambiental da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc), a autora investiga nesta obra o papel do Estado e da sociedade na implementação do desenvolvimento sustentável e avalia o distanciamento entre programas e práticas de governo.

ALTERIDADE E DIREITOS SOCIAIS
Temas emergentes no direito (Imed, 312 p.), organização de Marcelino Meleu, Mauro Gaglietti e Thaise Graziottin Costa, reúne textos de diversos pesquisadores voltados para uma concepção jurídica da alteridade. Outro lançamento da Imed Editora, Os direitos sociais e o desenvolvimento emancipatório (208 p.), de Júlio César de Carvalho Pacheco, professor de Direito da Faculdade Meridional de Passo Fundo – Imed, analisa os direitos fundamentais enquanto pressupostos para a democracia.

TERROR NA CAPITAL
Professor de Matemática das escolas Kennedy, Meta e EPA, de Porto Alegre, Anderson Santos, é um aficcionado pela literatura fantástica e de terror e faz sua estreia como escritor com Imortal (Ed. 21, 192 p.). Para vingar a morte da mãe, um antiquário percorre as ruas de Porto Alegre e São Sebastião do Caí à procura de um vampiro, o último de uma linhagem que ele mesmo vem exterminando, em uma trama com direito ao suspense e às surpresas do gênero. “Surpresas que mostrarão o quanto o sentimento de vingança pode nos transformar numa versão distorcida daquilo que odiamos e tememos”, define o autor.

Adicionar aos favoritos o permalink.
© Copyright 2014, Jornal Extra Classe - Todos os direitos reservados.

Os comentários estão encerrados.