Jornal Extra Classe - Jornalismo além da superfície
Nº 150 | Ano 15 | Dez 2010
ENSINO PRIVADO
REDE SINODAL

Rede Sinodal

Foto: Ildemar Kanitz/Divulgação

Foto: Ildemar Kanitz/Divulgação

“O atual momento é favorável para a escola particular porque a economia do país está melhor, voltou a crescer, há mais empregos e melhorou o poder aquisitivo das famílias”, ressalta Ivan Renner, diretor do Colégio Sinodal de São Leopoldo.

Classificada no Enem em primeiro lugar na Região Sul e em 31º no país, conforme exalta o marketing da instituição, a escola tem motivos de sobra para comemorar.

A começar pelo incremento no número de alunos, em média 12%. Inaugurada no final de 2008, a unidade do Sinodal na cidade de Portão iniciou 2009 com 1,2 mil matrículas e, neste ano, recebeu 244 alunos, um acréscimo superior a 100%.

A estimativa do diretor é de mais expansão na oferta de ensino com a inauguração do segundo piso da unidade portonense, prevista para fevereiro de 2011. No Sinodal de São Leopoldo, todos os ambientes estão passando por uma reforma para receber os alunos no próximo ano letivo..

Vale do Taquari

As instituições de ensino privado da região do Vale do Taquari estão investindo em expansão e em novos projetos educacionais por conta dos bons indicadores da conjuntura do país, refletidos na economia local. Em Rio Pardo, o Colégio Nossa Senhora Auxiliadora enviou questionários aos pais dos alunos e pessoas da comunidade para testar a aceitação dos cursos de extensão em Gastronomia, Linguagem de Libras e Informática que pretende ofertar no turno da noite.

A instituição tem 585 alunos matriculados no Ensino Médio, mas só tem aulas no turno da manhã, o que deixa as dependências ociosas à noite. A proposta, que está em negociação com a Unisc, é locar o prédio de quatro andares para que a Universidade passe a ministrar cursos de extensão ou mesmo ofertar a pós-graduação no turno da noite, informa a diretora da escola, Irmã Sônia Machado de Oliveira.

“Ainda estamos em negociação, mas antes é necessário definir quais cursos interessam à comunidade”, ressalva. Embora a intenção seja oferecer formação superior de acordo com vocações regionais e também a formação continuada aos professores da escola, o projeto pode abrir as portas da Educação Superior para a instituição.

Na cidade de Vera Cruz, o Instituto Sinodal Imigrante também está em expansão. A escola adquiriu o terreno localizado ao lado de sua sede, no centro, para a construção de mais salas de aula e laboratórios de Química e Informática. A diretora Tânia Eichwald não quis comentar os investimentos.

Marcado .Adicionar aos favoritos o permalink.
© Copyright 2014, Jornal Extra Classe - Todos os direitos reservados.

Os comentários estão encerrados.


CONTEÚDOS RELACIONADOS