Jornal Extra Classe - Jornalismo além da superfície
Nº 158 | Ano 17 | Out 2011
ELISA LUCINDA

Elisa Lucinda

Ilustração: Ricardo Machado

Ilustração: Ricardo Machado

Pedro trabalha todo dia o dia inteiro, abrindo e fechando portas.
Todo tipo de gente ele vê passar.

Pedro, que foi pescador, portanto, um homem acostumado a peixes, um homem iluminado de variação de cardumes, um homem sem juízo de julgar, porque sabe que quem julga peixe também julga mar, tem em seu poder a tarefa de permitir ou não deixar entrar.

Pedro, que foi pescador, portanto, um homem acostumado a peixes, um homem iluminado de variação de cardumes, um homem sem juízo de julgar, porque sabe que quem julga peixe também julga mar, tem em seu poder a tarefa de permitir ou não deixar entrar.

Dono das chaves, doce orixá, Xangô dos destemidos, operário das entradas e saídas seja de quem for, deste ou daquele mundaréu, diz-se de Pedro que é porteiro, mas porteiro do céu!

Marcado .Adicionar aos favoritos o permalink.
© Copyright 2014, Jornal Extra Classe - Todos os direitos reservados.

Os comentários estão encerrados.


CONTEÚDOS RELACIONADOS