Jornal Extra Classe - Jornalismo além da superfície
Nº 165 | Ano 17 | Jul 2012
LUIS FERNANDO VERISSIMO
L. F. VERÍSSIMO

Por Luis Fernando Verissimo

Outra carta da Dorinha

Ilustração: Ricardo Machado

Ilustração: Ricardo Machado

Recebo outra carta da ravissante Dora Avante. Segundo Dorinha, só Deus e o Pitanguy sabem a sua idade e ela confia na discrição dos dois. Com o advento do Botox, as reuniões do seu grupo de pressão política e carteado, as Socialaites Socialistas, que prega a implantação no Brasil de socialismo soviético no seu estágio mais avançado, a restauração do tzarismo, têm sido confusas. Ninguém aparece com a mesma cara duas vezes e fica difícil distinguir as companheiras legítimas – Tatiana (“Tati”) Bitati, Susana (“Su”) Adouro, Monica (“Mo”) Cassim, etc. – de agentes da Polícia Federal infiltradas no grupo. Sim, as Socialaites Socialistas estão sendo investigadas! Elas… Mas deixemos que a própria Dorinha nos conte. Sua carta veio escrita com tinta púrpura em papel magenta e cheirando a “Ravage Moi”, um perfume proibido em vários países.

“Caríssimo! Chupões. Desconfiei que estavam gravando meus telefonemas porque cada vez que eu fazia ou recebia uma chamada ouvia uma voz dizendo “Silêncio no estúdio”. Pensei que estivessem investigando um dos meus ex-maridos, o barra 8. Nunca consegui guardar o nome dos meus maridos e os identificava pelo final das suas contas bancárias. O barra 8 era tão corrupto que recebia cartas de fã do Maluf. Mas não, as investigadas somos nós. Que ultraje! Conseguimos desmascarar três agentes da PF que participavam do nosso chá das terças com crachás falsos porque os bigodes que usavam como disfarce se desmancharam no bafo do chá.

Chegamos a tal ponto de dissolução moral neste país que não se pode confiar mais nem em crachá. Você sabe que eu não tenho nada contra a dissolução moral desde que seja feita com bom gosto, mas francamente. Arrancamos confissões das agentes com a ameaça de anodizar os seus soutiens de ferro. Aparentemente, há a suspeita de que as Socialaites Socialistas são financiadas pelo Carlinhos Cachoeira, como todo o mundo. Calúnia! Está certo, uma vez usei o jatinho do Carlinhos para não perder a hora no dentista, mas sentei bem atrás e não aceitei os canapés! Estou disposta a depor na CPI para limpar o nome das Socialaites Socialistas, que vivem honradamente das pensões de ex-maridos e de aplicações em renda fixa. Da tua indignada Dorinha

Marcado .Adicionar aos favoritos o permalink.
© Copyright 2014, Jornal Extra Classe - Todos os direitos reservados.

Os comentários estão encerrados.


CONTEÚDOS RELACIONADOS