Jornal Extra Classe - Jornalismo além da superfície
Nº 168 | Ano 17 | Out 2012
ENSINO PRIVADO
ANGLO-AMERICANO

Depois de aquirir unidades do grupo Anglo-americano em Caxias do Sul, Bagé, Passo Fundo e Chapecó, o Instituto de Desenvolvimento Educacional do Alto Uruguai (Ideau), de Getúlio Vargas, cancelou disciplinas e realocou alunos, incorrendo em quebra de pré-requisitos curriculares e descumprimento da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT), já que essas medidas implicaram redução de carga horária de professores. Após receber denúncias nesse sentido, a direção do Sinpro/RS reuniu-se com a instituição e cobrou o cumprimento da CCT. A avaliação do Sindicato é de que a carga horária suprimida dos professores seria maior do que a informada pela instituição. Para a diretora do Sinpro/RS, Renata Cerutti, se não houver entendimento, a tendência é buscar uma solução judicial para os problemas de alteração contratual, quebra de estabilidade de aposentandos e de gestantes e redução de carga horária. “O Sinpro/RS não admitirá que a estratégia de mercantilização das instituições atropele os direitos dos professores”, sinaliza a dirigente.

Marcado .Adicionar aos favoritos o permalink.
© Copyright 2014, Jornal Extra Classe - Todos os direitos reservados.

Os comentários estão encerrados.


CONTEÚDOS RELACIONADOS