Jornal Extra Classe - Jornalismo além da superfície
Nº 169 | Ano 17 | Nov 2012
ELISA LUCINDA

Elisa Lucinda

O Rio de Janeiro expande seus esplendores na minha cara.
O filme daquela doce madrugada passada no clarão da Guanabara
não cansa de passar aqui e meu olhar vai se perdendo sobre a cidade.
Não mais te lembrar, meu quase amor, agora é a minha dificuldade.
O rio de pandeiro percursiona suas ilusões no meu Saara.
Poesias, canções, trocadilhos piadas.
Tinha beijo e era muito noite.
Era quase tarde.
Memórias, encantos , saudades.
Embora pareça finito o que nem sequer chegou a ser realidade,
mesmo assim,
meu quase amor,
Vou te esquecendo com má-vontade.

Imagem: Ricardo Machado

Ilustração: Ricardo Machado

Ilustração: Ricardo Machado

Marcado .Adicionar aos favoritos o permalink.
© Copyright 2014, Jornal Extra Classe - Todos os direitos reservados.

Os comentários estão encerrados.


CONTEÚDOS RELACIONADOS