Jornal Extra Classe - Jornalismo além da superfície
Nº 171 | Ano 18 | Mar 2013
CULTURA
ARTIGO

Marcos Julio Fuhr*

A programação continuada da Fundação Ecarta, que em abril completará oito anos, diversificação e qualidade e a presença também no interior do estado são credenciais que motivam, a partir desta edição, a ampliação do seu espaço no jornal Extra Classe. Da divulgação apenas das atividades, passamos a discutir e aprofundar temas relacionados às nossas iniciativas.

A intenção é oportunizar a manifestação de artistas e críticos das artes visuais e da música, enólogos e aficionados do vinho, médicos e professores, a partir do que estiver em pauta na programação da Ecarta. Isso certamente potencializará as iniciativas da Fundação na medida em que para elas se abre um espaço para a sua repercussão e reflexão crítica, assim como para o Extra Classe se abre uma janela temática a partir da qualificada programação de um dos entes culturais de maior vitalidade em nosso estado.

A Ecarta se constituiu nestes últimos oito anos de atividades culturais, espaço de oportunidades para artistas e para os seus públicos, consolidando cinco projetos: a Galeria de Arte, o Ecarta Musical, o Núcleo Cultural do Vinho, o Conversa de Professor e o projeto Cultura Doadora. Os projetos expressam e materializam a vocação educacional, cultural e assistencial da Fundação, manifestos em seu estatuto e nas intenções do instituidor e mantenedor: o Sinpro/RS.

Ano a ano tem se ampliado o número de participantes das atividades da Ecarta seja em Porto Alegre como no interior do estado. Em 2012, 7mil pessoas participaram dos 108 eventos realizados, o que representa uma média de público superior a 60 participantes por atividade.

Com sua programação voltada para toda a sociedade, a direção da Fundação persegue, no entanto, um objetivo que se insere também no projeto estratégico do próprio instituidor, que é o de motivar e integrar cada vez mais os professores no mundo da cultura e do lazer em contraposição a uma realidade de exigências de trabalho sem limites que vem caracterizando o meio educacional privado.

Que possam a divulgação e as reflexões publicadas nesta coluna do Extra Classe contribuir para uma presença cada vez maior também dos professores na programação da Ecarta e em toda a vida cultural do nosso estado.

*Presidente da Fundação Ecarta

Marcado .Adicionar aos favoritos o permalink.
© Copyright 2014, Jornal Extra Classe - Todos os direitos reservados.

Os comentários estão encerrados.


CONTEÚDOS RELACIONADOS