Jornal Extra Classe - Jornalismo além da superfície
Nº 171 | Ano 18 | Mar 2013
ENSINO PRIVADO
PELOTAS

A escola Nossa Senhora da Luz, de Pelotas, encerrou suas atividades no mês de janeiro, por decisão da Sociedade Pelotense de Assistência e Cultura. A notícia surpreendeu toda a comunidade escolar.

“A mantenedora havia assumido o compromisso, no  nal do ano de 2012, em manter a instituição”, a rma Marcos Kammer, diretor do Sinpro/RS – Regional Pelotas. “Lamentamos a decisão que representou graves transtornos à comunidade e aos professores, em especial”.

O processo de fechamento foi acompanhado pelo Sindicato, que publicou uma nota de repúdio em jornal de circulação diária em Pelotas. O apedido destacou “a falta de transparência e desrespeito com a comunidade escolar” e que “o encerramento é resultado de problemas de gestão e da prevalência do interesse na alienação do imóvel em que funcionava a instituição em detrimento do seu projeto educacional”.

Durante o mês de janeiro houve protestos de pais e alunos em frente à instituição e a intervenção do Sindicato na decisão de fechamento foi negada por representantes da mantenedora. “O Sindicato faz o acompanhamento dos professores para garantir seus direitos contratuais e rescisórios”, a rma Kammer.

Marcado .Adicionar aos favoritos o permalink.
© Copyright 2014, Jornal Extra Classe - Todos os direitos reservados.

Os comentários estão encerrados.


CONTEÚDOS RELACIONADOS