Jornal Extra Classe - Jornalismo além da superfície
Nº 173 | Ano 18 | Mai 2013
ENSINO PRIVADO
GREVE

Os professores da Escola Cruz Vermelha, de São Leopoldo, paralisaram as atividades por 12 dias em abril devido ao atraso de salários, férias e FGTS.

O Sinpro/RS negociou Acordo Coletivo com a direção da instituição, aprovado pelos docentes em assembleia, que prevê o pagamento parcelado dos valores e a regularização do FGTS. “A mobilização dos professores e a interlocução do Sindicato junto à instituição mostraram que as disputas podem ser aprofundadas e dialogadas”, a rma André Portella, diretor do Sinpro/RS.

Marcado .Adicionar aos favoritos o permalink.
© Copyright 2014, Jornal Extra Classe - Todos os direitos reservados.

Os comentários estão encerrados.


CONTEÚDOS RELACIONADOS