Jornal Extra Classe - Jornalismo além da superfície
Nº 176 | Ano 18 | Ago 2013
ENSINO PRIVADO
IPA

No final de junho, o Sinpro/RS notificou o IPA por exigir dos professores que as reduções de carga horária impostas pela instituição sejam legitimadas por meio de solicitação dos mesmos e cientificadas pelo Sindicato. O grande número de pedidos desde 2012 chamou a atenção, uma vez que é desproporcional com o tamanho do corpo docente da instituição e no comparativo com as demais IES.

O Sindicato suspendeu a cientificação dos pedidos de redução de carga horária e destacou que as circunstâncias que permitem a redução de carga horária estão definidas na Cláusula 39 da Convenção Coletiva de Trabalho Sinpro/RS e Sinepe/RS.

Para o diretor do Sinpro/RS, Marcos Fuhr, a imposição unilateral de redução de carga horária além de constranger os docentes, não pode ser legalizada com a simulação de “um pedido pseudovoluntário”. O Sindicato encaminhou o assunto ao Ministério Público do Trabalho para averiguação. O IPA também voltou a demitir um grande número de professores. Somente em julho foram 18 rescisões.

Marcado .Adicionar aos favoritos o permalink.
© Copyright 2014, Jornal Extra Classe - Todos os direitos reservados.

Os comentários estão encerrados.


CONTEÚDOS RELACIONADOS