Jornal Extra Classe - Jornalismo além da superfície
Nº 185 | Ano 19 | Jul 2014
ENSINO PRIVADO
NOTAS

A rentabilidade do Plano SINPRORS Previdência apresentou bons resultados nos primeiros cinco meses de 2014, atingindo 5,10%. Esse índice reverte a baixa de 2013, ano que foi ruim para os investidores em geral. Desde sua implantação em agosto de 2008, o plano previdenciário dos professores da rede privada do RS acumula uma rentabilidade de 79,50%, enquanto a inflação medida pelo INPC foi de 38,56%. Comparativamente, no mesmo período, a poupança rendeu 47,94%.

“Planos como o SINPRORS Previdência são desenvolvidos para rentabilizarem num horizonte de longo prazo”, explica Ângelo Prando, diretor do Sindicato. Os fatores tempo, contribuições e rentabilidade formam o tripé de sustentação que dará condições para o participante do plano obter uma massa de recursos que garantirá uma renda futura de aposentadoria. “É por isso que trabalhamos para que o plano siga seu crescimento no número de adesões, fortalecendo a categoria e criando nos professores a cultura de planejar o futuro”, expõe.

“Plano previdenciário ajuda a manter o nível de renda do trabalhador na aposentadoria e ainda oferece benefícios fiscais durante o período de acumulação das reservas como a dedução no Imposto de Renda do valor de até 12% da renda bruta”. As contribuições para o plano são flexíveis, de acordo com o planejamento financeiro do professor e ele pode escolher o prazo de recebimento dos benefícios. A contribuição previdenciária mínima é de R$ 50,00. Além da aposentadoria, o SINPRORS Previdência também oferece benefícios de risco que podem ser contratados separadamente.

O plano ainda possui convênios com instituições de ensino que também contribuem para incrementar a poupança previdenciária de seus empregados. Atualmente, o SINPRORS Previdência conta com mais de 600 participantes. Informações no site do Sinpro Previdência.

RANKING SALARIAL | Sindicato divulga dados de 2014
A edição 2014 do Ranking Salarial do ensino privado do Rio Grande do Sul já pode ser acessada no site do Sinpro/RS. Atualizado pelo Sindicato em junho, o Ranking apresenta para consulta os valores hora-aula pagos aos docentes de todos os níveis educacionais.

“É muito importante para a luta reivindicatória a informação do que pagam as instituições, do que recebem os professores, o exercício da comparação e, especialmente, a análise e a conversa com os colegas sobre os salários recebidos”, afirma Cássio Bessa, diretor do Sinpro/RS.

O levantamento foi feito com base nas informações fornecidas pelas instituições de ensino e inclui apenas as que pagam valores superiores aos pisos salariais para cada nível. O sistema permite comparação no âmbito da mesma mantenedora, cidade e regional do Sinpro/RS.

Marcado .Adicionar aos favoritos o permalink.
© Copyright 2014, Jornal Extra Classe - Todos os direitos reservados.

Os comentários estão encerrados.


CONTEÚDOS RELACIONADOS