Jornal Extra Classe - Jornalismo além da superfície
Nº 185 | Ano 19 | Jul 2014
ENSINO PRIVADO
ALUNOS POR TURMA

Sindicato denuncia excessos na educação básica

Foto: reprodução site

Foto: reprodução site

No primeiro semestre de 2014, 54 escolas de educação básica, em 23 cidades no Rio Grande do Sul, mantiveram turmas com excesso de alunos. É o que revelou o levantamento realizado pelo Sinpro/RS junto aos professores nos meses de março a maio e publicado no site Limite de Alunos por Turma, em junho.

Apenas na capital, são 22 instituições com o número de alunos em sala de aula acima dos limites indicados pelo Sindicato, a maioria delas no ensino fundamental. A lista completa com nome da escola, cidade e nível de educação pode ser acessada no site, onde pais, estudantes e a comunidade em geral também podem se manifestar sobre o assunto.

Desde 2010, o Sindicato vem monitorando as instituições de ensino e denunciando o excesso de alunos por turma como fator de adoecimento dos professores e de prejuízo à qualidade do ensino. “O excesso de alunos por turma representa, muitas vezes, a impossibilidade do trabalho docente que atenda às necessidades de intervenção do professor frente às especificidades dos seus alunos. Para que o professor possa, de fato, trabalhar de forma qualificada, é necessário que as escolas observem o limite de alunos por turma”, afirma Cecília Farias, diretora do Sinpro/RS.

O levantamento foi feito junto aos professores do ensino privado que, por um formulário eletrônico enviado pelo Sinpro/RS, indicaram as turmas com o problema.

Marcado .Adicionar aos favoritos o permalink.
© Copyright 2014, Jornal Extra Classe - Todos os direitos reservados.

Os comentários estão encerrados.


CONTEÚDOS RELACIONADOS