Jornal Extra Classe - Jornalismo além da superfície
Nº 202 | Ano 21 | Abr 2016
ENSINO PRIVADO
SINDICATO

O Sinpro/RS inicia neste mês de abril a segunda chamada para a pesquisa que avaliará a saúde mental dos professores do ensino privado gaúcho e a percepção do- cente sobre como o seu contexto de trabalho está relacionado à saúde ou ao risco de adoecimento mental. O trabalho foi encomendado pelo Sindicato e pela Federação dos Trabalhadores do Ensino Privado do Rio Grande do Sul (FeteeSul).

 

A pesquisa está sendo desen- volvida pela professora doutora Janine Kieling Monteiro, do Pro- grama de Pós-Graduação em Psicologia Clínica da Universi- dade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos). A ideia da análise surgiu após a avaliação dos da- dos do Ministério da Previdência Social e do INSS sobre as razões do afastamento de trabalho dos professores.

Como na primeira chamada, os docentes estão recebendo por e-mail um texto explicativo e um questionário eletrônico enviados pelo Sindicato por e-mail. O formu- lário também pode ser solicitado pelo endereço pesquisa.prof.rs@ gmail.com. O questionário passou pela análise do Comitê de Ética da Unisinos e segue à resolução fede- ral que normatiza a pesquisa com seres humanos.

O Sinpro/RS promove desde a década de 1990 pesquisas com os professores do ensino privado buscando entender mais sobre o seu perfil e suas particularidades. O estudo sobre a saúde dos pro- fessores integra as iniciativas do Núcleo de Estudo e Preservação da Saúde do Professor (Nesp), criado para acompanhar as con- dições de saúde dos professores do ensino privado gaúcho.

Marcado .Adicionar aos favoritos o permalink.
© Copyright 2014, Jornal Extra Classe - Todos os direitos reservados.

Os comentários estão encerrados.


CONTEÚDOS RELACIONADOS