Jornal Extra Classe - Jornalismo além da superfície
Nº 204 | Ano 21 | Jun 2016
ENSINO PRIVADO
TEXTUAL

Começa a circular neste mês de junho a 23ª edição da Revista Textual, com ensaio de capa sobre a indústria como motor do crescimento econômico no Brasil, de autoria dos professores da Ufrgs André Moreira Cunha, do Departamento de Economia, e Pedro Perfeito da Silva, doutorando em Economia. Os autores questionam as condições sociais, econômicas, tecnológicas e políticas que viabilizam processos bem-sucedidos de
industrialização.

A falta de democracia nos meios de comunicação é o assunto do ensaio de Maria José Braga, jornalista e vice-presidente da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj). “A sociedade brasileira não se deu conta de que não existe democracia de fato sem democracia nas comunicações”, afirma.

Manuel Martin Pino Estrada, mestre em Direito pela Ufrgs, abre a editoria Dinâmica do Meio Educacional com um artigo sobre o professor e o tutor na educação a distância. O texto trata das condições do trabalho docente do tutor/professor e do tutor destacando questões como: a contratação do tutor na condição de professor e o reconhecimento da aplicabilidade das normas específicas da categoria diferenciada no contrato de trabalho; o princípio da primazia da realidade sobre a forma, que reconhece a atividade do tutor como docente; e o levantamento jurisprudencial que demonstra o reconhecimento da função docente pelo Judiciário trabalhista. Na mesma editoria, Marcia Adriana de Carvalho, professora e presidente do Conselho Municipal de Educação de Caxias do Sul, esclarece como se estrutura e como surgiu a Base Curricular Comum Nacional (BCN).

Recesso letivo e slowscience são os temas da editoria O professor e o mundo da escola. O assessor jurídico do Sinpro/RS, Henrique Stefanello Teixeira, tratou sobre o recesso letivo e os direitos dos professores. Em outro texto, em um contraponto ao produtivismo acadêmico, Mozart Linhares da Silva, doutor em História pela PUC/RS e pós-doutor em Estudos Culturais pela Ufrgs, fala do conceito de slowscience na rotina dos
programas de pós-graduação.

Conforme pontua o autor, “o produtivismo não consegue tirar da quantidade a qualidade”. A Revista Textual é distribuída em mãos aos associados nas instituições de ensino e pode ser acessada na íntegra no site do Sindicato www.sinprors.org.br/textual. Os professores associados podem solicitar o recebimento preenchendo o formulário enviado pelo Sinpro/RS por e-mail.

Adicionar aos favoritos o permalink.
© Copyright 2014, Jornal Extra Classe - Todos os direitos reservados.

Os comentários estão encerrados.