Jornal Extra Classe - Jornalismo além da superfície
Nº 223 | Ano 23 | MAI 2018
EDITORIAL

As relações históricas entre militares e magistrados a partir do golpe de 1964 são avaliadas com cautela pelo jornalista Felipe Recondo, autor do livro Tanques e Togas – O STF e a Ditadura Militar, na entrevista do mês. Em tempos de protagonismo de diversas instâncias do Judiciário, o tema adquire ainda mais relevância. Sem abdicar de uma análise crítica, Recondo opta por uma avaliação mais ponderada sobre o comportamento dos ministros do STF frente ao golpe de 2016, pois entende que o papel do Judiciário na sociedade está em transformação. Chama a atenção de juristas e pesquisadores, no entanto, quando se confundem os papeis de acusador e julgador, e ganham espaço o ativismo judicial, o populismo penal e o conceito do lawfare, como mostra reportagem nesta edição.

Agrotóxicos e câncer
A relação entre o uso intensivo de agrotóxicos nas lavouras e a incidência de câncer vem sendo estabelecida de maneira cada vez mais evidente por pesquisadores em todo o mundo. No Brasil, a média de consumo per capita de agrotóxicos são 15 litros por ano. No Rio Grande do Sul, foram aplicadas quase 100 mil toneladas de venenos nas lavouras em apenas dois anos, o que explica a média de consumo duas vezes maior,  litros por pessoa, e o fato de o câncer ser a primeira causa de morte em 140 municípios.

Na reportagem especial, uma investigação sobre as consequências da proibição do aborto para a saúde e a dignidade de milhares de mulheres brasileiras, as falhas no serviço de saúde pública e os retrocessos aos direitos reprodutivos por imposição de parlamentares conservadores.

O descaso e o abandono estão em cartaz nos teatros públicos de Porto Alegre. Equipamentos fechados à espera de investimentos para reformas e reconstrução e o sucateamento das estruturas contrastam com outros espaços encampados pela iniciativa privada e com o discurso otimista da administração pública. É o tema da seção Arte +.

Confira ainda as notícias do ensino privado e os 80 anos do Sinpro/RS em um período de graves investidas contra os direitos e a democracia no país.

Boa leitura!

Marcado .Adicionar aos favoritos o permalink.
© Copyright 2014, Jornal Extra Classe - Todos os direitos reservados.

Os comentários estão encerrados.


CONTEÚDOS RELACIONADOS