SAÚDE

Óbitos cresceram 119% em um mês, diz Fiocruz

Os números divulgados pela Fundação Oswaldo Cruz é baseado em cálculo diferente do divulgado pelo Ministério da Saúde, que mostra apenas as ocorrências de um dia específico
Por César Fraga / Publicado em 23 de março de 2021
Óbitos cresceram 119% em um mês, diz Fiocruz

Segundo os dados da Fiocruz, os casos chegaram a 75.416, segundo a média móvel de sete dias, o quinto dia consecutivo de recorde

Foto; Rovena Rosa/Agência Brasil

Na última segunda-feira, 22 o Brasil atingiu o número de 2.305 mortes diárias por covid-19, segundo média móvel de sete dias calculada pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). A média vem apresentando altas diárias consecutivas há um mês, considerando monitoramento desde 22 de fevereiro.

O número de óbitos registrados no dia 22 é 119% superior ao observado em 22 de fevereiro (1.052 mortes). Na comparação com 14 dias antes (8 de março), quando a média chegou a 1.525, a alta é de 51%.

Ainda segundo os dados da Fiocruz, os casos chegaram a 75.416, segundo a média móvel de sete dias, o quinto dia consecutivo de recorde. O número é 61% superior ao de um mês antes (46.921) e 14% acima do observado 14 dias antes (66.380).

A média móvel de sete dias, divulgada pela Fiocruz, é calculada somando-se os registros do dia com os seis dias anteriores e dividindo o resultado dessa soma por sete. O número é diferente daquele divulgado pelo Ministério da Saúde, que mostra apenas as ocorrências de um dia específico.

Comentários

Siga-nos