EDUCAÇÃO

Ex-Estácio compra grupo controlador do Ibmec por R$ 1,92 bilhão

Décimo maior grupo de educação superior provado do país, com 110 mil estudantes matriculados em 20 campi, Adtalem passa a ser controlada pela Yduqs. Negócio deve ser submetido ao Cade
Por Gilson Camargo / Publicado em 21 de outubro de 2019
Grupo Yduqs de educação privada aposta na expansão dos cursos de Medicina no país

Foto: Divulgação

Grupo Yduqs de educação privada aposta na expansão dos cursos de Medicina no país

Foto: Divulgação

O grupo de educação Yduqs, ex-Estácio Participações, do Rio de Janeiro, anunciou na manhã desta segunda-feira, 21, mais uma investida em sua política de expansão no país: pretende incorporar a norte-americana Adtalem Brasil, que detém as marcas Ibmec, Wyden, Damasio Educacional, pelo valor de R$ 1,9 bilhão de reais. A negociação, que ainda deverá ser submetida à avaliação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), não mantém a Yduqs em segundo lugar no ranking das maiores instituições mercantilistas de educação do país por número de matrículas, atrás da Kroton Educacional.

Décimo maior grupo de ensino superior privado do país, a Adtalem Educacional tem 110 mil alunos matriculados em 20 campi e um faturamento de R$ 900 milhões no último ano. O maior ativo da companhia é a faculdade e escola de negócios Ibmec, com sede em sete capitais do país, fundada pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, comprada pela Adtalem em 2015 por R$ 700 milhões.

Sede paulista da faculdade e escola de negócios Ibmec, maior ativo da negociação

Foto: Divulgação

Sede paulista da faculdade e escola de negócios Ibmec, maior ativo da negociação

Foto: Divulgação

Estratégia de expansão

Após uma tentativa de fusão com a sua maior concorrente, a Kroton, vetada pelo Cade em 2017, a universidade carioca Estácio, mudou a marca para Yduqs e adotou nova estratégia de expansão. Em 2019, já havia adquirido neste ano a universidade UniToledo, de Araçatuba, interior de São Paulo, por R$ 102,5 milhões. O faturamento da Yduqs no último exercício alcançou R$ 1 bilhão.

A aposta do conglomerado são os cursos de Medicina, com um investimento projetado de R$ 32 milhões em um novo campus de Medicina no Rio. O faturamento com cursos de Medicina atingiu R$ 174 milhões no semestre, crescimento de 19% ao ano, e representa 9,2% da receita líquida da Yduqs – que já possui oito campi voltados para essa área em operação e pretende atingir 12 em 2020. Operadora da faculdade de medicina Facid, a Adtalem, que passa a ser controlada pela Yduqs, venceu uma licitação para abertura de dois novos cursos.

 

RANKING

Total de alunos matriculados em 2019

Kroton – 841 mil
Yduqs (Estácio) – 441 mil
Universidade Paulista (Unip) – 417 mil
Cruzeiro do Sul Educacional – 150 mil
Ser Educacional – 143 mil
Universidade Nove de Julho (Uninove) – 138 mil
Ânima Educação – 85 mil

Fonte: MEC

Comentários

Siga-nos