POLÍTICA

Collor é o primeiro a se candidatar à presidência do Senado

O ex-presidente não era cotado para a vaga até o momento. Eleições ocorrem nesta sexta-feira, 1º de fevereiro
Da redação / Publicado em 1 de fevereiro de 2019

O ex-presidente Fernando Collor foi o primeiro senador a se candidatar para presidência do Senado. A eleição deve ocorrer nesta sexta-feira, 1º de fevereiro, dia em que os 54 senadores eleitos ou reeleitos tomam posse. Collor não era um dos políticos que haviam anunciado sua candidatura. O político governou o país de 1990 a 1992, quando renunciou ao cargo após investigações que o condenaram por crime de responsabilidade.

Até a manhã desta sexta-feira, haviam nove nomes cotados para se candidatarem a vaga. São eles, Alvaro Dias (Pode-PR); Angelo Coronel (PSD-BA); Davi Alcolumbre (DEM-AP); Esperidião Amin (PP-SC); Major Olímpio (PSL-SP); Reguffe (sem partido-DF); Renan Calheiros (MDB-AL); Simone Tebet (MDB-MS) e Tasso Jereissati (PSDB-CE).

Antes da votação, os senadores deverão definir se o voto será aberto ou secreto. Para ser eleito, o candidato precisa receber no mínimo 41 votos. O presidente do Senado também ocupa o cargo de presidente do Congresso Nacional – ele comanda as sessões conjuntas de deputados e senadores.

Comentários

Siga-nos