Jornal Extra Classe - Jornalismo além da superfície
Nº 022 | Ano 3| Jun 1998
EDUCAÇÃO
EDUCAÇÃO

Notas

A educação que faremos 1
Cerca de 1.300 trabalhadores da educação formal e informal e estudantes participaram do 7º Colóquio Nacional e 5º Colóquio Internacional de Educação Popular em Passo Fundo, de 1º a 4 de julho. Na pauta, o processo de globalização e ações alternativas que possam garantir a formação de cidadãos sujeitos de sua própria história.

A educação que faremos 2
Entre os conferencistas presentes, o economista e representante do Movimento dos Sem-Terra (MST), João Pedro Stédile, os candidatos ao governo do estado Olívio Dutra (PT) e Nelson Carvalho Vasconcelos (PV), o deputado Flávio Koutzii (PT), a doutora em Educação e professora Lizete Regina Gomes Arelaro, da Universidade de São Paulo, o doutor em educação e professor Alfredo Veiga Neto, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, o filósofo e doutor em Educação, Gaudêncio Frigotto, da Universidade Federal do Rio de Janeiro, as pedagogas Maria Carlota de Oliveira Amado e Maria Madalena Marques Luz, o mestre em Educação e professor Dinarte Belatto, da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da Unijuí.

A educação que faremos 3
Ainda foram realizados os minicursos com os temas Teorias da história e didáticas, História regional na era da globalização, Educação popular e meio ambiente: relato de experiências, Alfabetização em matemática versus alfabetização em língua materna, Projeto Taturana, Reflexões e ações na física: ciência no ensino fundamental, Preservação da fauna silvestre: projeto Charão, A tecnologia da informática a serviço da educação, O pensar a educação: o papel da filosofia no ensino infantil e fundamental, Tendências contemporâneas para o ensino da geografia, A leitura e a redação numa perspectiva integrada, A arte de contar histórias, Projetos oficiais versus projetos comunitários.
Dirigido a professores, estudantes, lideranças comunitárias e sindicais, representantes das comunidades municipais e regionais, o evento é uma promoção da Associação dos Professores da Fundação Universidade de Passo Fundo (APUPF), Centro dos Professores do Estado do Rio Grande do Sul (Cpers/Sindicato), Faculdade de Educação da UPF/Mestrado, e da 1ª Delegacia Sindical (Regional Passo Fundo) do Sindicato dos Professores do Rio Grande do Sul (Sinpro/RS).

Longe da meta
A Confederação dos Trabalhadores na Agricultura (Contag) assegura que o governo federal está longe de alcançar a meta de alfabetizar, neste ano, 100 mil jovens e adultos de assentamentos em todo o país. Conforme a Contaf, os recursos disponíveis até agora são suficientes para a alfabetização de no máximo sete mil pessoas. Dos R$ 37 milhões previstos para o programa, apenas R$ 3 milhões foram repassados.

Avaliação do ensino médio
No dia 30 de agosto, estudantes que estiverem concluindo o ensino médio (2º grau) este ano e que fizeram a sua inscrição (de 15 a 26 de junho) no primeiro Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) responderão 63 questões objetivas e uma redação para uma avaliação do desempenho individual. O exame poderá vir a substituir o vestibular como condição para ingresso nas universidades. No Rio Grande do Sul, os exames serão aplicados para os estudantes de Porto Alegre, Pelotas, Santa Maria, Canoas e Caxias do Sul.

Enfrentando os desafios
De 21 a 24 de julho, será realizado o 3º Congresso da Federação Interestadual dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino (3º Confitee). Professores e auxiliares de administração escolar enfrentando os desafios sindicais e educacionais rumo ao século XXI é o título do encontro que acontecerá em Guarapari, no Espírito Santo.

Marcado .Adicionar aos favoritos o permalink.
© Copyright 2014, Jornal Extra Classe - Todos os direitos reservados.

Os comentários estão encerrados.


CONTEÚDOS RELACIONADOS