Jornal Extra Classe - Jornalismo além da superfície
Nº 051 | Ano 6 | Mai 2001
EXTRATO
EXTRATO

Computadores de papel em tempos virtuais

Computadores de Papel – Máquinas abstratas para um ensino concreto, de Robinson Moreira Tenório, graduado em Matemática pela USP; mestre em Educação pela UFBA; doutor em Educação (Ensino de Matemática e Ciências) pela USP; Pós-doutorado em História e Filosofia da Ciência (Universidade de Paris); professor de Epistemologia do Programa de Pós-graduação em Ensino, Filosofia e História da Ciência UFBA/UEFS.

Os computadores de papel são máquinas abstratas, virtuais, equivalentes do ponto de vista lógico a qualquer computador eletrônico digital. São ao mesmo tempo simples e poderosos, constituindo-se em importante instrumento de trabalho na contemporânea pesquisa em teoria dos algoritmos . Contudo, não são muito velozes – mas isto acaba se tornando uma grande qualidade em termos pedagógicos. Com seu uso o estudante pode aprender, desde a pré-escola, como funciona o computador, passo a passo, compreendendo suas possibilidades e limitações. “Neste livro discute-se a importância histórica, epistemológica e pedagógica dos computadores de papel”, esclarece.

Marcado .Adicionar aos favoritos o permalink.
© Copyright 2014, Jornal Extra Classe - Todos os direitos reservados.

Os comentários estão encerrados.


CONTEÚDOS RELACIONADOS