Jornal Extra Classe - Jornalismo além da superfície
Nº 110 | Ano 12 | Jan 2007
LUIS FERNANDO VERISSIMO

Em breve só restará aos homens irem para as montanhas – ou aderirem.

Decepções do ano
– Eles eram astros indiscutíveis. Brilhavam. As pessoas os apontavam na rua. “É aquele, é aquele.” Ninguém imaginava que, de uma hora para outra, isto fosse mudar. Mas em 2006, aconteceu. Ainda brilham, mas tudo mudou para eles. Ronaldinho Gaúcho, depois da Copa do Mundo e da final do mundial de clubes, e Plutão depois de ser rebaixado de planeta a meteoro, decididamente, não são mais o que eram.

Testa de ferro do ano
– Zidane.

Da série “Vá entender” 1
– Geraldo Alckmin teve menos votos no segundo turno das eleições presidenciais do que teve no primeiro.

Herói improvável do ano
– Adriano Gabiru.

Encontros depois da morte menos imagináveis do ano
– Pinochet, Braguinha e James Brown.

Morte mais sem graça do ano
– Bussunda.

Retrato de uma época
– Um avião em vôo internacional teve que fazer um pouso de emergência depois de uma confusão a bordo causada pelo fato de uma passageira ter dado um pum e depois acendido um fósforo.

Da série “Vá entender” 2
– As mãos nos bolsos do Parreira.

Troféu “Fora isso, como é que estava a água?” do ano
– Daniela Cicarelli.

Hugo Chavez do ano
– Evo Morales.

Troféu “Tchau, tchau bambino” do ano
– Silvio Berlusconi.

Não vão culpar os controladores!
– A queda do Palocci.

Pior nova dupla sertaneja do ano
– Lula e Delfim Netto.

Guloso do ano
– O espião russo que comeu o que lhe serviram num restaurante de Londres apesar de o prato vir zunindo e emitindo um clarão arroxeado, e ainda passou o pão no molho.

Aderir, já
– Frau Merkel governa a Alemanha. Segolene Royal será a candidata do Partido Socialista nas próximas eleições francesas, com boas chances de ganhar. Hillary Clinton pode ser a candidata do Partido Democrata à sucessão de Bush, também com boas chances. Michelle Bachelet tomou posse no Chile, Ellen Gracie Northfleet comanda o Supremo brasileiro e há pouco Yeda Crusius foi eleita governadora do Rio Grande do Sul, onde tradicionalmente as prendas rodam a saia enquanto os homens dançam, pulam e fazem história. Em breve só restará aos homens irem para as montanhas – ou aderirem.

Ú ltimo alerta do ano
– O próximo termina em 007. Tem licença para matar!

Marcado .Adicionar aos favoritos o permalink.
© Copyright 2014, Jornal Extra Classe - Todos os direitos reservados.

Os comentários estão encerrados.


CONTEÚDOS RELACIONADOS