Jornal Extra Classe - Jornalismo além da superfície
Nº 148 | Ano 15 | Out 2010
ENSINO PRIVADO
ULBRA

Na segunda quinzena de setembro, o Sinpro/RS voltou a ajuizar ação coletiva em nome dos professores contra a Ulbra, desta vez, para garantir o pagamento de pendências salariais decorrentes de alterações impostas pela reitoria no padrão operacional dos cursos de EaD. Dois terços dos professores que vinham atuando nesta modalidade foram desvinculados sem comunicação formal e antes de concluídas as atividades do primeiro e segundo trimestres letivos. Os professores foram induzidos a optar pela EaD sem saber que haveria as mudanças, que no entendimento do Sindicato visam a redução do custo operacional da Ulbra. Como as tentativas de negociação não surtiram efeito, o Sinpro/ RS ingressou em juízo pleiteando o pagamento dos salários do primeiro e segundo trimestres.

Marcado .Adicionar aos favoritos o permalink.
© Copyright 2014, Jornal Extra Classe - Todos os direitos reservados.

Os comentários estão encerrados.


CONTEÚDOS RELACIONADOS